sicnot

Perfil

País

PJ investiga alegado ataque dos Anonymous a sites oficiais de justiça

Site do Conselho de Magistratura, alegadamente atacado pelo grupo Anonymous

Site do Conselho de Magistratura, alegadamente atacado pelo grupo Anonymous

Além de ter afetado as páginas oficiais daqueles três organismos, como a Lusa constatou, o grupo Anonymous Portugal alegadamente divulgou os nomes de 1.300 juristas da Procuradoria-Geral da República, dados de magistrados (nome, número de telemóvel e dados pessoais) e identifica José Souto Moura como Procurador-Geral da República, magistrado que dirigiu aquele organismo, atualmente chefiado por Joana Marques Vidal.

Contactado pela Lusa, o diretor da Unidade de Crime Informático da Polícia Judiciária, Carlos Cabreiro, afirmou ter "conhecimento da situação" e estar "a trabalhar em cima dos factos", escusando-se a avançar mais comentários.

Na operação intitulada "Tango Tango Tango Down - 25 de abril (apagão nacional)", o grupo Anonymous divulgou também endereços de e-mails da EDP e das Águas de Portugal, tendo, neste último caso, substituído a imagem oficial da página pela de um cravo vermelho e divulgado a mensagem "Águas de Portugal é um prazer expor os vossos dados (...). Pode ser que baixem as tarifas da água".

Contactada pela Lusa, fonte oficial da EDP nega ter havido algum ataque aos sistemas da empresa, salientando que os e-mails divulgados eram todos públicos, que não foram divulgados quaisquer dados confidenciais e que a página oficial não foi afetada.

A Lusa tentou falar com a Águas de Portugal e com a Procuradoria-Geral da República, sem sucesso.

Entretanto, todas as páginas que estiveram inacessíveis já estão operacionais, tendo o site da Águas de Portugal sido o último a ficar novamente ativo.

Os Anonymous associaram a esta operação, que começou a partir da meia-noite, mensagens como "O governo devia ter medo do povo e não o povo medo do Governo" e "Basta de roubos aos mais carenciados, basta de mentiras".

Na primeira mensagem divulgada pelos Anonymous Portugal, lia-se "Hoje é o dia!", com uma imagem do então capitão Salgueiro Maia e a frase "Às vezes é preciso desobedecer".

A Lusa constatou ainda, na página dos Anonymous no Facebook, que o símbolo do Partido Socialista foi manipulado, com o punho fechado a ficar com o dedo médio esticado, e com uma legenda "Fuck You Partido Socialista". 

Foi também divulgada uma foto, alterada com um "bigode Anonymous", do procurador Pedro Verdelho, que teve já os seus dados expostos em 25 de abril de 2014 e que tem a seu cargo o processo da 'Operação Caretos', que visou desmantelar um grupo de alegados piratas informáticos, suspeitos de serem responsáveis por ataques a páginas Internet do Estado e de empresas privadas. 

O grupo português partilhou também uma mensagem publicada originalmente pelo "Anonymous Around de World" sobre o Clube Millennium BCP, com uma extensa lista de nomes e endereços de sócios. 


  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Votações sobre o mapa judiciário geram tensão no Parlamento
    2:01

    País

    O momento das votações no Parlamento ficou marcado por alguma tensão. Depois de aprovadas, em comissão, as alterações ao mapa judiciário, o PSD opôs-se a que o diploma fosse votado em plenário, uma vez que não fazia parte da versão inicial do guião de votações. A esquerda acusou os sociais-democratas de terem motivações estritamente políticas e não regimentais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.