sicnot

Perfil

País

Peregrinação nacional dos jovens ao Santuário de Fátima realiza-se hoje

A peregrinação nacional dos jovens ao Santuário de Fátima realiza-se hoje num momento em que milhares se confrontam com "a instabilidade familiar, social e económica", admitiu o diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil.

© Alessandro Bianchi / Reuters

À agência Lusa, o padre Eduardo Novo referiu este como "um dos problemas que afeta a juventude portuguesa", considerando que "a fé não muda as coisas, mas permite um olhar renovado sobre as pessoas e sobre as coisas.

"Acho que os jovens vão a Fátima pedir felicidade, paz, bem-estar. Ao irem ao 'Altar do Mundo', vão pedir luz para a vida", declarou Eduardo Novo, referindo que será, também, uma oportunidade para "agradecer os momentos da vida, na família, na escola, no emprego, o quotidiano".

Sobre a mensagem da peregrinação "Fátima Jovem", que começou há 40 anos, o sacerdote salientou que é de "esperança, que vale a pena viver, ousem acreditar e não desistam dos sonhos".

"Olhem para a vida com esperança. Os jovens são importantes hoje e são os protagonistas da mudança, no dia-a-dia, com tenacidade e singularidade na construção dos valores e na cultura", apontou.

O responsável do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil adiantou que na peregrinação está prevista a presença de cerca de cinco mil jovens, sendo que a grande maioria desloca-se em grupos organizados.

O momento mais aguardado da peregrinação, com o tema "Felizes como Maria, a cheia de graça", é a missa no recinto do santuário, com início às 11:00 e presidida pelo bispo auxiliar de Lisboa Joaquim Mendes, também membro da Comissão Episcopal de Laicado e Família.

Lusa
  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.