sicnot

Perfil

País

Portugal sinalizou 27 menores suspeitos de serem vítimas de tráfico em 2014

Vinte e sete menores, nove dos quais oriundos de Angola, foram sinalizados no ano passado como presumíveis vítimas de tráfico em Portugal, refere o relatório de 2014 do Observatório de Tráfico de Seres Humanos (OTSH). 

Segundo o relatório do organismo do Ministério da Administração Interna, a maioria dos menores sinalizados são oriundos de países comunitários (13), com destaque para a Bulgária (quatro), e africanos (12), nomeadamente Angola (nove).


O documento adianta que à semelhança de 2012 e 2013, algumas dos menores suspeitos de estarem a ser traficados foram sinalizadas "em trânsito", ou seja, foram detetados em Portugal, mas estavam de passagem com destino para outro país.


O relatório, que apenas faz referência aos 18 registos em fase de investigação pelos Órgãos de Polícia Criminal (OPC), sublinha que as situações de tráfico envolvendo menores dizem respeito a exploração laboral e sexual, mendicidade, adoção e venda.


O mesmo relatório destaca ainda que das nove sinalizações de alegado tráfico para a prática de atividades criminosas, seis reportam-se a menores, que estão associadas à coação para a prática de furtos.



Lusa
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Costa confiante no crescimento da economia e das exportações
    1:09

    Economia

    O primeiro-ministro manifestou confiança no crescimento da economia e das exportações. À margem da cerimónia dos 25 anos da Auto Europa em Portugal, António Costa deu vários exemplos de investimento estrangeiro, feito nas últimas semanas no país, e disse que os dados económicos recentes são positivos.

  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47