sicnot

Perfil

País

Mais de 40 mortos em ataque armado em Carachi

As autoridades paquistanesas elevaram hoje para 41 o número de vítimas mortais de um ataque armado contra um autocarro onde seguiam muçulmanos xiitas na cidade paquistanesa de Carachi, sul do país.

© Akhtar Soomro / Reuters

Em motorizadas, pelo menos 6 homems abriram fogo sobre um autocarro. A bordo seguiam muçulmanos de uma minoria xiita no Paquistão e o ataque ainda não foi reivindicado.

Inicialmente, a polícia paquistanesa tinha revelado cinco mortos, informação corrigida pouco depois para 25 vítimas mortais.

Entretanto, o número de vítimas foi ampliado para 41 pessoas.

A perseguição religiosa continua a matar dezenas de pessoas no país. Desde o início do ano, várias mesquitas foram alvo de rebentamentos levados a cabo por grupos Talibã.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.