sicnot

Perfil

País

Provas finais começam hoje com Português do 4.º ano

Mais de 200 mil alunos realizam esta semana as provas finais do 4.º e 6.º ano, que contam 30% para a nota final, começando hoje com a prova de Português para os estudantes do 1.º ciclo.

(Reuters/ Arquivo)

As provas a realizar pelos alunos do 1.º e 2.º ciclo vão decorrer em 1.100 e 1.133 escolas, respetivamente, num processo que envolve a vigilância de cerca de 10 mil professores, segundo o Ministério da Educação e Ciência (MEC).

A realização destas provas faz com que, em muitas escolas, vários alunos fiquem sem aulas durante quatro dias.

O calendário dos exames inicia-se hoje, com a prova de Português do 4.º ano, seguindo-se na terça-feira a do 6.º ano.

Quarta-feira e quinta-feira, realizam-se as provas finais de Matemática do 4.º ano e do 6.º ano, respetivamente. 

Fazem as provas cerca de 103.000 alunos do 4.º ano e 114.000 alunos do 6.º ano, com os resultados a serem afixados a 16 de junho.

As provas finais são entendidas pelo Ministério da Educação como instrumentos que permitem verificar quais os conhecimentos consolidados durante os dois primeiros ciclos da escolaridade obrigatória, revelando ao mesmo tempo as matérias em que os alunos têm mais dificuldades.


Lusa

  • "Não dá mais, Brasil!" Um excerto da Reportagem Especial de hoje
    1:58
  • SIC lança conteúdos na Amazon Prime Video

    Economia

    A SIC torna-se num dos primeiros canais portugueses a disponibilizar conteúdos na Amazon Prime Video através do serviço Amazon Video Direct. Através do Prime Video, é possível aceder a conteúdos da estação, como "Jose Mourinho - O Melhor Treinador do Mundo" e "Jorge Mendes - O Super Agente".

  • O momento em que um polícia salva uma criança que caiu do 3º andar
    0:56

    Mundo

    Três polícias egípcios conseguiram salvar um rapaz de 5 anos que caiu da varanda do terceiro andar de um prédio na província de Assiut, a sul do Cairo. O Ministério do Interior do Egito divulgou as imagens e os nomes dos agentes, distinguindo em especial o homem que conseguiu amparar a criança no momento da queda.