sicnot

Perfil

País

Suspeito de homicídio em Benfica foi identificado e tem 40 anos

O suspeito de ter morto a tiro um homem, na segunda-feira à noite, dentro de um estabelecimento comercial em Benfica, tem 40 anos e foi identificado por 12 pessoas, disse à Lusa fonte da PSP.

SIC

A mesma fonte acrescentou que a Polícia Judiciária tomou conta da ocorrência, depois de a PSP ter sido chamada ao local onde ocorreu o homicídio cerca das 20:45 de segunda-feira.

De acordo com uma das testemunhas, disse a PSP, o homem de 40 anos entrou no estabelecimento em Benfica, onde pediu um café, tendo sido servido e voltado a sair do local. 

Momentos depois, após ter ido à sua viatura, de acordo com as várias testemunhas, voltou a entrar no restaurante/pastelaria, dando a entender que teria algo no bolso do casaco que vestia e pediu novo café.

Depois, adiantou a PSP, a empregada virou-se para tirar o café e ouviu o som de um disparo, fugindo depois para a cozinha à procura de um refúgio, a partir de onde ouviu mais disparos, que atingiram mortalmente a vítima.

No local esteve uma ambulância do INEM e outra Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de Santa Maria, que tentaram reanimar o ferido, mas o óbito veio a ser declarado pelas 21:42.

A vítima, de 47 anos, era funcionário do estabelecimento.

A fonte policial disse à Lusa que o autor dos disparos se pôs em fuga e que até ao momento não foi detido, apesar de estar identificado e de testemunhas terem anotado a matrícula do carro em que fugiu.

  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Inspetores do SEF cansados das promessas do Governo
    1:00

    País

    O sindicato do SEF garante que a segurança contra o terrorismo vai ser assegurada na greve de quinta-feira e sexta-feira nos aeroportos. Acácio Pereira, do sindicato, diz que os inspetores são quase escravos e que estão fartos das promessas do Governo. A greve deverá afetar cerca de 30 mil pessoas. 

  • Graça Fonseca, a primeira governante a assumir-se homossexual
    1:02

    País

    A secretária de Estado da Modernização Administrativa deu uma entrevista ao Diário de Notícias onde assume a sua homossexualidade. É a primeira vez que um governante português o faz. Graça Fonseca assume esta posição pública como uma "afirmação política".