sicnot

Perfil

País

PSD e CDS fecham projeto de lei para a cobertura jornalística das eleições

O PSD e o CDS já fecharam o projeto de lei para a cobertura jornalística das eleições. O documento final deu entrada, esta tarde, na Assembleia da República.

Lusa

No caso das legislativas, por exemplo, mantém a obrigação de incluir nos debates todos os partidos com representação parlamentar.

A última versão do diploma define, ainda, multas mais altas do que aquelas que estão previstas na atual lei, para quem não cumprir as regras. Há mais de um ano que PSD, CDS e PS tentam alterar a lei que vigora desde 1975. Desta vez, a proposta não contou com o contributo dos socialistas.
  • Órgãos de Comunicação defendem que regras da cobertura eleitoral ameaçam liberdade editorial
    2:27

    País

    As propostas do PSD e do CDS para alterar a lei de cobertura jornalística das eleições, que a SIC divulgou esta quinta-feira, foram muito mal recebidas pelos órgãos de comunicação social. Num comunicado divulgado esta sexta-feira, ao final da tarde, um grupo de 20 diretores de informação diz que as regras que os partidos da maioria propõem continuam a ameaçar a liberdade editorial.

  • PSD e CDS esperam contributo do PS na proposta para a cobertura das eleições
    1:08

    País

    O PSD e o CDS confirmam que não vai haver qualquer visto prévio na cobertura jornalística das eleições e esperam ter contributos do PS na proposta que vão apresentar. No final de uma reunião, no Parlamento, Francisco Pinto Balsemão disse estar satisfeito e que as preocupações dos órgãos de comunicação social foram ouvidas pelos partidos da maioria.

  • Projeto da maioria deixa cair obrigação de plano prévio na cobertura das eleições
    2:07

    País

    Já está a ser discutida a nova proposta do PSD e do CDS para a cobertura jornalística das eleições. A SIC sabe que, quer a Entidade Reguladora para a Comunicação Social, quer a Comissão Nacional de Eleições já sabem qual é o teor da nova proposta feita pela maioria. Os dois partidos deixaram cair todas as matérias que causaram polémica. E esperam, agora, que se consiga chegar a um entendimento com o PS para que a nova lei seja aprovada rapidamente.

  • Celebridades protestam contra Donald Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os discursos de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa estiveram no Jornal da Noite da SIC, onde analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O Diretor de Informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por um avalanche em Itália
    1:44
  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida