sicnot

Perfil

País

Governo anuncia fim da reparação do paredão da Costa da Caparica

O Governo anunciou hoje a conclusão das obras de reparação do paredão e do passeio marítimo da Costa da Caparica, no concelho de Almada, infraestruturas que tinham ficado bastante danificadas devido ao mau tempo no inverno de 2013/2014.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

Segundo uma nota de imprensa do Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, as obras realizadas nos últimos meses no paredão e no passeio marítimo, nas praias do CDS, Santo António e Norte, tiveram um custo global de 1,95 milhões de euros, financiado a 80% pelo Programa Operacional Temático Valorização do Território (POVT). 

As duas infraestruturas - acrescenta o Ministério do Ambiente - estão agora "mais robustas e resilientes, garantindo, desta forma, um usufruto dos utentes em maiores condições de segurança e de salvaguarda dos valores naturais".

O documento refere ainda que a Costa da Caparica, no distrito de Setúbal, "é um destino privilegiado para muitos turistas, nacionais e internacionais, que encontram nesta área urbana um espaço de qualidade para as suas férias ou mesmo fins de semana".
Lusa
  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.