sicnot

Perfil

País

Parlamento discute Agenda para a Criança

Um novo regime tutelar de menores, alterações à lei de proteção de crianças e jovens ou um novo regime jurídico do processo de adoção vão ser discutidos hoje no parlamento através de propostas do Governo e projetos do PS.

© Kai Pfaffenbach / Reuters

Da parte do Governo, a proposta de lei que aprova o Regime Geral do Processo Tutelar Cível, que substitui a Organização Tutelar de Menores, pretende trazer a racionalização de procedimentos e da regulação do exercício das responsabilidades parentais.

Os novos procedimentos incluem, entre outros, a valorização do depoimento oral, quer das partes, quer da assessoria técnica aos tribunais nos processos tutelares cíveis.

É definido que haja apenas um gestor de processo que concentre toda a informação, sempre que uma mesma criança ou crianças da mesma família tenham vários processos.

A proposta de lei que altera a Lei de Proteção de Crianças e Jovens em Perigo pretende ser "um contributo para a operacionalização do funcionamento das entidades competentes em matéria de infância e juventude", querendo, ao mesmo tempo, que sejam intensificados os "níveis de comprometimento das entidades que integram" a comissão de proteção de menores.

De acordo com o que está definido na proposta, é intenção do Governo fazer uma "revisão profunda" ao apoio dado por parte do Estado para o funcionamento destes organismos, "mediante a clarificação, densificação e ampliação da prestação de apoio, quer na vertente logística, quer na vertente financeira".

Cria um mecanismo para colmatar as falhas de funcionamento, ao nível dos recursos humanos, permitindo à Comissão Nacional celebrar protocolos para a afetação de técnicos.

Por outro lado, traz também a criação de comissões intermunicipais, "com o intuito de potenciar a qualificação da resposta protetiva a crianças e jovens locais".

Em matéria de acolhimento, dá preferência ao acolhimento familiar, em detrimento do acolhimento residencial, principalmente em crianças até aos seis anos, e cria um mecanismo de alerta para quando as intervenções se tornam temporalmente extensas.

O novo Regime Jurídico do Processo de Adoção elimina a modalidade de adoção restrita, mantendo a adoção plena e o apadrinhamento civil e procede "à consagração legal do momento indicado para ouvir a opinião da criança sobre o seu futuro", justificando essa decisão com o facto de se constatar que as crianças não são preparadas para uma integração na futura família.

Esta proposta de lei cria também o Conselho Nacional de Validação, "inovação que introduz no processo de adoção uma responsabilidade acrescida para as equipas técnicas".

Consagra o direito à criança adotada de conhecer as suas origens e disponibiliza às famílias, caso estas queiram, um acompanhamento pós adoção.

Em matéria de adoção internacional, o documento introduz a criminalização da intervenção não autorizada.

O projeto de lei do Partido Socialista (PS) alerta para "a forma apressada e inconsistente" como foram feitas as propostas do Governo e pede que essas mudanças tenham direito a "um amplo debate e consenso social".

Pede que sejam atribuídos meios adequados, quer humanos, quer financeiros, para as entidades envolvidas, e que o Governo apresente o impacto financeiro das alterações que quer introduzir, bem como o respetivo enquadramento orçamental gerados.

O PS apresenta ainda outro projeto de lei, relativo ao regime de alimentos em caso de filhos maiores e emancipados.

  • Militar ferido com gravidade em acidente com Pandur
    1:19

    País

    O acidente em Vila Real que envolveu uma viatura militar fez três feridos. Uma das vítimas ficou em estado grave e teve de ser transportada de helicóptero para o Hospital Santo António do Porto. O militar ficou encarcerado no veículo blindado, o que dificultou os trabalhos de socorro.

  • Ricardo Salgado constituído arguido e interrogado no DCIAP
    2:46

    Operação Marquês

    O ex-presidente do BES está a ser ouvido no DCIAP, a responder às questões do procurador Rosário Teixeira e do inspetor da Autoridade Tributária Paulo Silva. Têm sido levantadas dúvidas quanto ao dinheiro em contas de Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates, e suspeita-se que grande parte desses 20 milhões de euros tenham vindo de sociedades com ligação ao grupo Espírito Santo.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".