sicnot

Perfil

País

Relação confirma 24 anos de prisão para condenado por violação

O Tribunal da Relação do Porto confirmou a pena de 24 anos de prisão para o homem condenado em fevereiro pela prática de sete crimes de violação. Os casos remontam aos anos de 2011, 2012 e 2013, em Vila Nova de Famalicão, na ciclovia que vai até à Póvoa de Varzim. A relação confirmou na íntegra o acórdão da primeira instância.

De acordo com a informação publicada hoje na página da Internet da Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto, o Tribunal da Relação confirmou na íntegra o acórdão datado de 02 de fevereiro deste ano, do Tribunal da Instância Central Criminal do Porto (Vila do Conde, 2.ª secção criminal), que o condenara na pena única de 24 anos de prisão, pela prática de sete crimes de violação, um dos quais na forma tentada, um de roubo e um de violação de domicílio.

A PGD do Porto esclarece que os factos em causa se reportavam a crimes praticados em diferentes datas nos anos de 2011, 2012 e 2013, em Vila Nova de Famalicão, na ciclovia que liga Vila Nova de Famalicão à Póvoa de Varzim, em S. Miguel o Anjo, Maia, e em Fão, Esposende.

Em diferentes datas e em diferentes locais, "o arguido abordou mulheres, forçando-as a manter consigo trato sexual em seis das situações e não conseguindo concretizar este seu intento numa outra, porém por razões alheias à sua vontade", refere a nota da PGD do Porto.

"Resultou provado que o arguido cuja condenação foi agora confirmada atuou relativamente a vítimas cujas rotinas conhecia, aproveitando situações em que sabia que estas se encontravam sozinhas, atuando, em cinco casos, de madrugada ou às primeiras horas da manhã", acrescenta.

De acordo com a informação disponibilizada, "uma das mulheres tinha 82 anos e foi vítima do arguido em sua casa, onde vivia sozinha; outra foi vítima do arguido em duas datas distintas, ambas sucedidas às primeiras horas da manhã, quando a vítima iniciava ou dava curso ao giro diário exigido pela sua profissão".


Com Lusa
  • "O PSD não é o bombeiro de serviço desta geringonça"
    1:09

    TSU

    O líder da bancada social-democrata avisa os partidos da esquerda para que tenham o caso da TSU como exemplo e não voltem a usar o PSD como muleta em situações em que não estejam de acordo com o Governo, como pode vir a acontecer com as PPP no setor da saúde. Luís Montenegro foi entrevistado esta manhã na SIC Notícias.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.