sicnot

Perfil

País

Calor está de volta

As temperaturas vão subir gradualmente a partir de hoje, prevendo-se que no final da semana estejam acima dos 30 graus Celsius, disse hoje à Lusa a meteorologista Paula Leitão, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera. 

© Eric Gaillard / Reuters


"As temperaturas deverão subir hoje dois a três graus e amanhã (terça-feira) entre três e cinco graus. A tendência, ao longo da semana, será de subida, e no final da semana teremos temperaturas acima dos 30 graus em grande parte do território e no litoral norte", adiantou a meteorologista.

De acordo com Paula Leitão, ainda existem hoje condições para ocorrerem aguaceiros nas regiões do interior de Trás-os-Montes, Beira Alta e Alto Alentejo. 

"Os aguaceiros serão dispersos e pouco frequentes, mas com algum significado. Na região do litoral estamos a prever céu pouco nublado ou limpo e a temperatura já começa a subir, principalmente nas regiões do interior. Para hoje estamos a prever temperaturas acima dos 20 graus em todo o território", salientou.

A meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA)lembrou que o fim de semana foi marcado pela chuva e as temperaturas estiveram abaixo dos 20 graus.

"Para terça-feira prevê-se céu pouco nublado ou limpo em todo o território e a temperatura vai subir novamente. Em Lisboa prevê-se 24 graus, em Braga 27 graus e em Beja 31 graus", disse.



  • Presidente da IPSS "O Sonho" garante que vai demitir-se
    0:57

    País

    A PJ de Setúbal fez esta sexta-feira buscas em três instituições de solidariedade social e em casas particulares ligadas à IPSS "O Sonho", por suspeitas de peculato de uso, fraude na obtenção de subsídios e falsificação de documentos. O presidente da associação nega as suspeitas e diz que está de "consciência tranquila". Florival Cardoso, que é o principal visado na investigação, fala sobre uma "caça às bruxas" e garante que vai demitir-se, porque considera que está a ser cometida uma "enorme injustiça".

  • "Situação humanitária dos civis em Ghouta é aterradora"
    0:49

    Mundo

    O enviado especial da ONU para a Síria lançou esta sexta-feira um novo apelo a um cessar-fogo. O responsável está particularmente preocupado com a situação da população civil e diz que é preciso evitar que se repita em Ghouta o que se passou em Alepo.

  • Instantes de uma noite de futebol europeu
    0:41
  • Não dá mais, Brasil!
    18:00