sicnot

Perfil

País

Cortes nas reformas da GNR são ilegais, dizem militares

Cortes nas reformas da GNR são ilegais, dizem militares

Os militares da GNR dizem que os cortes nas reformas feitos pela Caixa Geral de Aposentações são ilegais, injustos e inadmissíveis. O estatuto dos militares da GNR e dos polícias impede-os de trabalharem após os 60 anos mas a Caixa Geral de Aposentações considera que até aos 66 é um reforma antecipada.