sicnot

Perfil

País

Funcionários prisionais suspeitos de corrupção em Bragança

Funcionários prisionais suspeitos de corrupção em Bragança

A Polícia Judiciária deteve um ex-chefe da guarda prisional e uma funcionária administrativa da cadeia de Izeda, em Bragança, suspeitos de crimes de corrupção. Entre outras vantagens concedidas a alguns reclusos, os funcionários prisionais facilitavam, de forma ilícita, o acesso desses presos ao regime aberto ao exterior.