sicnot

Perfil

País

Chamas controladas junto a habitações em Rio de Couros

 O incêndio que hoje deflagrou perto de Rio de Couros, no concelho de Ourém, distrito de Santarém, está já controlado junto às habitações, disse à Lusa o comandante operacional de agrupamento distrital do Centro Sul.

O fogo já provocou 6 feridos.

O fogo já provocou 6 feridos.

LIU HAIBIN / Lusa

Joaquim Chambel explicou que algumas habitações estiveram em risco, mas que a situação está controlada, continuando o fogo "bastante ativo" em duas frentes, com reforços ainda a caminho para ajudarem no combate às chamas.

O incêndio deflagrou às 15:52 em Casal Domingos João, na freguesia de Rio de Couros e Casal dos Bernardos, em povoamento florestal, estando a ser combatido por 141 operacionais, 37 viaturas e quatro meios aéreos, segundo a informação disponível às 17:45 na página da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

O comandante de sala do Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém José Carlos Pereira referiu à Lusa que estão a caminho reforços dos distritos de Castelo Branco, Portalegre e Lisboa para combater um incêndio que classificou como "bastante violento".

Joaquim Chambel indicou que o facto de o comando distrital ter ainda meios em 10 das 14 ocorrências que se registaram hoje à tarde no distrito de Santarém está a dificultar o trabalho. Entretanto, surgiu mais um incêndio em Carvalhal, também no concelho de Ourém, para onde estão a ser enviados meios.

Lusa

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Novo campo de refugiados construído em Mossul

    Mundo

    Um novo campo de refugiados foi construído em Mossul, no Iraque. Com cerca de 4 mil tendas, foi construído durante 45 dias para albergar os deslocados que se prevê que aumentem com a atual ofensiva militar na zona ocidental da cidade.