sicnot

Perfil

País

GNR intensifica fiscalização aos motociclos de sexta-feira a domingo

A GNR vai intensificar, de sexta-feira a domingo, em todo o país, a fiscalização junto dos condutores de motociclos, estando mobilizados para a operação cerca de 2.000 militares, indicou hoje a corporação.

(SIC/ Arquivo)

O patrulhamento vai estar direcionado para as estradas com maior intensidade de tráfego de motociclos, ciclomotores, triciclos e quadriciclos, e onde exista um risco acrescido de acidente, adianta a Guarda Nacional Republicana, em comunicado. 

Para a operação "Moto" vão estar mobilizados cerca de 2.000 militares de todos os comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, que têm como objetivo "proporcionar aos utentes das vias uma maior segurança e de sensibilizar os motociclistas para uma condução responsável", refere a GNR.

Segundo a corporação, o envolvimento de motociclos em acidentes de viação resultam, na maior parte dos casos, em vítimas mortais ou em feridos graves, e a maior parte das vítimas ocorre em cenário de despiste com colisões associadas. 

Para reduzir a sinistralidade rodoviária associada à condução destes veículos, a GNR aconselha os motociclistas a evitarem manobras perigosas, a não consumirem álcool durante a condução, a verificarem o estado dos pneus e a conduzirem dentro dos limites de velocidade definidos por lei, sobretudo dentro das localidades, assim como a usarem capacete, roupa e equipamento de proteção.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.