sicnot

Perfil

País

GNR prende 179 pessoas no fim-de-semana, maioria por álcool

Quase 200 pessoas foram detidas pela GNR só no passado fim-de-semana, a grande maioria por conduzir alcoolizada, informou hoje a corporação em comunicado

(SIC/ Arquivo)

No decorrer das operações do fim-de-semana, em quase todo o país, foram detidas precisamente 179 pessoas, 126 por condução sob efeito de álcool, 28 por condução sem carta, cinco por tráfico de estupefacientes e duas por posse de armas proibidas.

Foram ainda detidas mais duas pessoas por furto e mais uma por violência doméstica.

Na mesma altura, segundo o comunicado, foram apreendidas 2.585 doses de haxixe, 37 de cocaína, 10 de heroína, 12 pés de cannabis, três armas de fogo, duas armas brancas, dois automóveis e mais de mil euros em dinheiro.

A GNR fiscalizou 7.879 condutores e detetou 2.447 infrações, a maior parte excessos de velocidade.

No âmbito de uma denominada operação "Moto" a GNR intensificou de sexta-feira a domingo a fiscalização de motociclos, tendo detido 17 condutores. A falta de carta e o excesso de álcool foram as principais causas.

Segundo também um comunicado da GNR foram fiscalizados 5.078 motociclistas. Foram detetados 38 com deficiente iluminação e sinalização, 30 sem seguro e noutros oito falta ou incorreta posição do capacete.

Lusa

  • Documentos envolvem presidente de IPSS em práticas ilegais
    5:45
  • Novo horário aos sábados na Autoeuropa avança em fevereiro
    1:32

    Economia

    As negociações na Autoeuropa sobre o novo horário aos sábados estão terminadas. Ao que a SIC apurou, não há mais questões a debater, porque a fábrica perguntou diretamente aos trabalhadores que modelo de turnos preferiam. O horário avança no primeiro fim de semana de fevereiro.

  • A casa dos horrores
    7:57