sicnot

Perfil

País

Antigos gestores de empresas do grupo Lena continuam a ser interrogados

Os dois antigos administradores de empresas ligadas ao grupo Lena continuam hoje a ser ouvidos no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa. São suspeitos de branqueamento de capitais e fraude na obtenção de subsídios do Estado.

Em 2006, a Caixa Geral de Depósitos comprou 25% do capital do empreendimento Vale do Lobo por 500 milhões de euros. Um ano depois, fez uma parceria com a Lena Construções para a construção de imobiliário. (Arquivo)

Em 2006, a Caixa Geral de Depósitos comprou 25% do capital do empreendimento Vale do Lobo por 500 milhões de euros. Um ano depois, fez uma parceria com a Lena Construções para a construção de imobiliário. (Arquivo)

SIC

Os dois homens detidos na terça-feira pela Polícia Judiciária são suspeitos de branqueamento de capitais e fraude na obtenção de subsídios do Estado para projetos ligados às energias renováveis.

A operação conduzida plo Departamento Central de Investigação e Acção Penal envolveu buscas a casas, empresas e escritórios de advogados nas regiões de Leiria, Lisboa e Alentejo.

A investigação envolve cerca de 10 empresas que terão recebido 15 milhões de euros para falsos projetos que não saíram do papel.

  • Gestores de duas empresas do grupo Lena interrogados em tribunal
    1:28

    País

    São hoje interrogados os dois antigos administradores de empresas ligadas ao grupo Lena que foram detidos ontem. Terão recebido 15 milhões de euros em subsídios do estado para projectos que, afinal, eram falsos. A operação foi desencadeada ontem e envolveu buscas em cerca de 20 locais.

  • Buscas e duas detenções por suspeitas de desvio de subsídios

    País

    Está a decorrer uma operação da Policia Judiciária e Ministério Publico na zona da Grande Lisboa. Foram já feitas cerca de 20 buscas a empresas do grupo Lena. Dois empresários foram detidos, um deles pertence a este grupo empresarial. Em causa estão crimes de fraude na obtenção de subsídios e branqueamento de capitais.

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes. Os passageiros desembarcaram, como registou no Twitter um jornalista da Al-Jazzera que seguia a bordo. Segundo este depoimento, uma pessoa foi levada para o hospital com problemas cardíacos.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.