sicnot

Perfil

País

Aldeias na Guarda rodeadas pelo fogo

Aldeias na Guarda rodeadas pelo fogo

Duas aldeias da periferia da Guarda estiveram em sobressalto por causa de um incêndio que começou num pesado de mercadorias que circulava na A25. Apesar da intervenção dos meios aéreos as chamas aproximaram-se das povoações.

O incêndio na Guarda, que deflagrou às 18:12 de quinta-feira, foi hoje dominado pelas 05:00, de acordo com Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) da Guarda.

No local, na freguesia de Arrifana, ainda se encontravam àquela hora 153 operacionais, apoiados por 53 veículos, segundo fonte do CDOS da Guarda.

Ativo mantinha-se o incêndio na Covilhã, onde 393 operacionais, apoiados por 129 veículos, combatem as chamas, que lavram há mais de 16 horas, desde as 14:47 de quinta-feira.

Com Lusa

  • Controlado incêndio na Covilhã
    2:35

    País

    Só de madrugada foram controlados os dois incêndios de ontem, no interior centro do país. Perto da Covilhã duas casas de apoio agrícola ficaram destruídas e alguns hectares de pinheiro arderam. Os bombeiros queixam-se de falta de aceiros para aceder à zona do fogo, que continua ativo em duas frentes.

  • Polícia procura condutor da carrinha e outros dois suspeitos
    1:08
  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.

  • Um encontro português (e inesperado) em alto mar
    2:38