sicnot

Perfil

País

Trabalhadores da Groundforce fazem nova greve no dia 31

Os trabalhadores da Groundforce no aeroporto de Lisboa cumprem nova greve dia 31, entre as 09:00 e as 14:00, para realização uma concentração/manifestação junto à estação de metro do Aeroporto, com posterior marcha para a TAP.

(Arquivo)

(Arquivo)

LUSA

Designada como 'Marcha dos Recibos', a iniciativa insere-se na luta dos trabalhadores da SPdH - Serviços Portugueses de Handling (Groundforce Portugal) contra o que dizem ser "uma postura de desrespeito" da empresa, "consubstanciada no uso e abuso de horários penalizadores para os trabalhadores, na utilização abusiva e ilegal das trocas de horário e na proliferação da precariedade, com centenas de trabalhadores temporários e falsos prestadores de serviços".

Na base do protesto está ainda o facto de "não haver qualquer atualização salarial desde 2008".

Os trabalhadores da SPdH tinham já realizado uma greve de três horas no passado dia 15, para se reunirem em plenário com o objetivo de decidir formas de contestação à posição da administração da empresa.

Foi então decidida a realização de novas "iniciativas de mobilização e esclarecimento dos trabalhadores", que consideram que a administração da SPdH "mantém uma postura de desrespeito" e "não mostrou abertura" à proposta de revisão salarial entregue a 02 de fevereiro pelo Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava).

Contactada nessa altura pela Lusa, fonte oficial da Groundforce Portugal garantiu que "todos os compromissos assumidos para 2015 estão a ser cumpridos", referindo a possibilidade de uma negociação salarial que "está em curso", apesar de não ser prevista.

"Estão em curso reuniões de negociação, sendo que a Groundforce Portugal já apresentou propostas claras aguardando respostas dos diversos sindicatos", declarou a mesma fonte.

A empresa de assistência nos aeroportos, detida em 49,9% pela TAP e em 50,1% pela Urbanos, rejeita ainda que "existam constantes trocas de horários": "Neste momento, no verão IATA, pico da operação, com normais alterações e irregularidades operacionais, a Groundforce Portugal regista uma taxa de alteração de horários abaixo dos 7% face ao normal cumprimento de horários".

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.