sicnot

Perfil

País

Causas da morte de Diogo Moreira investigadas pelas autoridades britânicas

reportagem sic

Causas da morte de Diogo Moreira investigadas pelas autoridades britânicas

O corpo encontrado esta quarta-feira junto à estação de Brighton, em Inglaterra, é mesmo de Diogo Moreira, o jovem português que estava desaparecido desde a semana passada. A confirmação foi feita pelo secretário de Estado das comunidades portuguesas. O corpo foi encontrado no fundo de uma escarpa. As causas da morte de Diogo Moreira vão ser investigadas pelas autoridades britânicas.

  • Morte de jovem português em Inglaterra sob investigação
    1:39

    País

    O secretário de Estado das Comunidades confirmou esta quinta-feira que o corpo encontrado em Brighton, no sul de Inglaterra, é mesmo do jovem português que estava desaparecido há uma semana. A polícia britânica transmitiu esta tarde ao cônsul-geral de Londres a confirmação da identificação de Diogo Moreira. As circunstâncias da morte do jovem, de 29 anos, estão a ser investigadas.

  • Secretários de Estado das Comunidades confirma morte de jovem desaparecido em Inglaterra
    0:46

    País

    O jovem português que estava desaparecido em Brighton há uma semana foi encontrado morto. A certeza foi dada pelo Secretário de Estado das Comunidades . Diogo Moreira, de 29 anos foi visto pela última vez, a semana passada, na madrugada de dia 14. Estava em casa de amigos nesta região do sul de Inglaterra, e desapareceu a meio da noite, sem ter levado carteira ou documentos.

  • Corpo encontrado em Inglaterra é de Diogo Moreira

    País

    O secretário de Estado das Comunidades acaba de confirmar que o corpo encontrado em Brighton é do jovem português que estava desaparecido há uma semana. Diogo Moreira foi visto pela última vez na madrugada de terça-feira, 14 de julho. Estava em casa de amigos na zona de Brighton, no sul de Inglaterra. Desapareceu a meio da noite, sem levar a carteira nem os documentos.

  • Encontrado em Brighton corpo que pode ser do português desaparecido
    0:57

    País

    Foi encontrado um corpo que poderá ser o do português Diogo Moreira , de 29 anos, desaparecido no Reino Unido. Estava junto a uma estação de comboios em Brighton, no sul de Inglaterra, precisamente onde Diogo Moreira vivia e trabalhava. As autoridades ainda não avançaram com uma confirmação oficial sobre a identidade do cadáver.

  • Família Aveiro na inauguração do Aeroporto Cristiano Ronaldo
    2:34

    País

    A decisão de dar o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira divide opiniões. Contudo, na cerimónia de inauguração desta quarta-feira só se ouviram aplausos. Os madeirenses juntaram-se à porta do aeroporto para ver e receber o melhor jogador do mundo. Também a família do jogador esteve na Madeira para apoiar Ronaldo.

  • A (polémica) mudança de nome do aeroporto da Madeira
    2:00

    País

    O aeroporto da Madeira é desde esta quarta-feira aeroporto Cristiano Ronaldo. O Presidente da República e o primeiro-ministro estiveram juntos na homenagem ao futebolista. A alteração não é consensual entre os madeirenses.

  • O busto de Ronaldo que virou piada no mundo inteiro
    2:04

    País

    No dia em que foi formalizado o novo nome do aeroporto da Madeira, foi também conhecido o busto em bronze de Cristiano Ronaldo e que, desde logo, começou a provocar reações em todo o mundo. As críticas da imprensa internacional não são propriamente positivas e a internet aproveitou para dar contornos humorísticos à criação.

  • "Não há razão para fingirmos que hoje é um dia feliz"
    1:55

    Brexit

    Depois de receber esta quarta-feira a notificação do Brexit, o presidente do Conselho Europeu antecipou negociações difíceis. Donald Tusk diz que agora é preciso minimizar os prejuízos para os cidadãos europeus e para as empresas.

  • "Não há recuo possível"
    2:30

    Brexit

    O processo de saída do Reino Unido da União Europeia começou esta quarta-feira, com a ativação do artigo 50.º do Tratado de Lisboa. A notificação de Theresa May foi feita por carta a Donald Tusk e a primeira-ministra disse que não recuo possível. O processo de negociações levará dois anos e a saída do Reino Unido da União Europeia ficará concluída em 2019.