sicnot

Perfil

País

IPMA avalia impacto da Arte Xávega nos recursos marinhos

IPMA avalia impacto da Arte Xávega nos recursos marinhos

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), em parceria com a Universidade de Coimbra, está a avaliar qual o impacto da Arte Xávega nos recursos marinhos. O estudo está a decorrer, entre Espinho e Lagos, em todas as praias onde é praticada esta pesca artesanal de arrasto. Se o estudo apontar para a ausência de impactos significativos, o Governo português pretende solicitar à Comissão Europeia a manutenção da exceção para a Xávega.

  • Depois do Fogo
    0:25
  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15

    Mundo

    Na Califórnia, nos Estados Unidos, já foi eleito o cão mais feio do mundo de 2017, num concurso que se repete há 29 anos. Com 57 quilos, Martha recebeu a distinção enquanto ressonava no palco.