sicnot

Perfil

País

Propostas dos partidos sobre alterações ao sistema político

A coligação PSD/CDS-PP admite a introdução do voto preferencial em que os eleitores, para além de escolherem o partido, podem indicar candidatos na lista partidária, enquanto o PS defende a introdução de círculos uninominais, medida em que PCP e BE estão contra.

(Arquivo)

(Arquivo)

Lusa

Bloco de Esquerda (BE)

·Recusa dos círculos uninominais, que considera promover "artificialmente a bipartidarização e um regime de maiorias absolutas"

·Abrir as eleições legislativas à participação de listas de cidadãos

·Alargar o direito de voto aos cidadãos estrangeiros que vivam há mais de 3 anos em Portugal e aos cidadãos com mais de 16 anos

·Diminuir assinaturas necessárias para as iniciativas legislativas de cidadãos e permitir o direito de petição popular para a fiscalização constitucional sucessiva

·Rever a lei de financiamento dos partidos para reforçar o controlo das campanhas e diminuir tetos máximos de financiamento das campanhas

·Tornar obrigatório regime de exclusividade dos deputados

Coligação Democrática Unitária (CDU)

·Impedir novas e mais profundas "mutilações" da Constituição, num quadro em que a próxima legislatura mantém poderes de revisão constitucional

·Lutar contra projetos de revisão das leis eleitorais que "visem favorecer artificialmente a bipolarização entre PS e PSD", seja através da redução do número de deputados, da criação de círculos uninominais ou da redução e manipulação da dimensão dos círculos existentes.

·Combater os projetos de eliminação da eleição direta e proporcional dos executivos municipais

·Reduzir o financiamento público dos partidos e das campanhas eleitorais, impor limites mais restritivos às despesas com as campanhas eleitorais e eliminar "disposições legais absurdas e persecutórias" de limitação das iniciativas de angariação de fundos

·Facilitar da apresentação de iniciativas legislativas ou de referendo à Assembleia da República e valorizar o exercício do direito de petição junto de quaisquer entidades públicas

Partido Socialista (PS)

·Reformar sistema eleitoral para a Assembleia da República introduzindo círculos uninominais

·Alargar a possibilidade de voto antecipado, ampliando o elenco das profissões e situações em que se aplica

·Criar condições para o exercício do direito de voto em qualquer ponto do país, independentemente da área de residência

·Adoção de um Código da Transparência, a que estarão sujeitos, por exemplo, os titulares de cargos políticos e os gestores públicos

·Impor prazos máximos ao Tribunal Constitucional para decidir em casos de fiscalização sucessiva

·Aprovar legislação no Conselho de Ministros apenas uma vez por mês (mantendo as reuniões semanais)

·Fixar duas datas por ano para entrada em vigor de toda a legislação e procurar que as alterações fiscais sejam feitas apenas uma vez por legislatura e no seu início

Portugal à Frente (PSD/CDS-PP)

· Prevê a possibilidade da introdução do voto preferencial, em que os eleitores, para além de fazerem uma opção partidária, podem indicar candidatos da sua preferência na lista partidária.

· O desenvolvimento de projetos-piloto de voto eletrónico e de voto em mobilidade, especialmente para as comunidades no estrangeiro

· Reforçar as garantias de transparência na ação política, através da universalidade e da harmonização dos registos de interesses exigidos aos titulares de cargos políticos e públicos

· Disponibilidade para alterar a Constituição sobretudo no que consideram "o abuso e o excesso de dívida pública".

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.