sicnot

Perfil

País

Homem morre em Santarém ao ser colhido por comboio

Um homem de 47 anos morreu hoje em Vale de Santarém após ter sido atropelado na linha férrea por um comboio, a cerca de seis quilómetros de Santarém, informou a Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

O incidente aconteceu às 13:30, no sentido norte-sul, tendo condicionado a circulação de comboios no local durante cerca de duas horas.

"O homem foi colhido em plena via-férrea e teve morte imediata", disse à Lusa fonte do CDOS de Santarém, acrescentando que a circulação de comboios ficou confinada a uma das duas linhas até às 15:15.

No local estiveram os Bombeiros de Santarém, com seis homens e duas viaturas, uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) e as autoridades policiais, que tomaram conta da ocorrência.

Lusa

  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis - avaliação interna ao FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela 'troika' em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • 64, 65 ou 73, afinal quantas são as vítimas de Pedrógão?
    1:27
  • Enfermeiros suspendem greve e protesto

    País

    Os enfermeiros decidiram esta segunda-feira suspender a greve de zelo e o protesto contra o não pagamento do trabalho especializado, devido ao compromisso do Governo de iniciar negociações sobre matérias como horários de trabalho e remunerações, indicou fonte sindical.

  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC