sicnot

Perfil

País

Portugal envia ajuda para combater fogo florestal na Extremadura espanhola

Portugal vai enviar mais de 100 operacionais e 30 veículos para ajudar no combate ao fogo florestal que lavra há três dias sem controlo na província espanhola da Extremadura e já obrigou à retirada de quase 2.500 pessoas.

Sierra de Gata, Espanha.

Sierra de Gata, Espanha.

MINISTRY OF AGRICULTURE / HANDOU

Vai sair de Portugal "uma coluna nacional da base de apoio logístico de Castelo Branco, composta por três grupos de combate a incêndios florestais com mais de 100 operacionais e mais de 30 veículos", disse à Lusa fonte da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC).

O fogo, que deflagrou na quinta-feira na Sierra de Gata, já consumiu mais de 6.500 hectares e é combatido por centenas de bombeiros de várias regiões de Espanha, apoiados por 16 helicópteros e aviões de combate a incêndios.

Cerca de 1.000 habitantes da aldeia de Hoyos foram retirados hoje de manhã das suas casas, juntando-se aos cerca de 1.400 retirados na sexta-feira de outras duas aldeias próximas, informou hoje o governo regional da Extremadura (oeste) num comunicado.

"O vento atiçou as chamas e fez alastrar o fogo, obrigando à evacuação de Hoyos devido sobretudo ao fumo", disse um responsável local da Cruz Vermelha, José López Santana, à rádio pública.

A causa do incêndio ainda não foi apurada, mas, segundo o chefe do governo regional, Guillermo Fernández Vara, "tudo parece indicar" para origem criminosa.

"Quando um fogo se concentra numa área muito específica é porque houve alguma intervenção humana porque não é mais quente e seco na Sierra de Gata que no resto da Extremadura", disse.

Segundo os bombeiros, o vento forte e em constante mudança de direção está a dificultar o combate, assim como a condensação do fumo.

Lusa

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.