sicnot

Perfil

País

Detido suspeito de atear fogos em Penacova

Um homem suspeito de ter ateado dois focos de incêndio florestal no concelho de Penacova, na segunda-feira, foi detido por populares e, depois, pela Polícia Judiciária (PJ), anunciou hoje esta força policial.

© Rafael Marchante / Reuters

A PJ, através da Diretoria do Centro, "em estreita colaboração com a GNR de Penacova, recebeu um homem detido por populares, em flagrante delito, pela presumível prática de um crime de incêndio florestal, ocorrido ontem [segunda-feira], cerca das 22:00", informou a Judiciária em comunicado.

O suspeito, um madeireiro de 48 anos, "usando chama direta, iniciou dois focos de incêndio, próximos um do outro, num extenso coberto florestal, tendo os mesmos sido de imediato apagados pelos mesmos cidadãos que procederam à detenção", acrescenta a nota.

"Há ainda fortes indícios de que o suspeito seja o autor de um grande incêndio que ontem deflagrou na localidade de Lavradio", na União de Freguesias de Oliveira do Mondego e Travanca do Mondego, no concelho de Penacova (distrito de Coimbra), pelas 18:00.

Este incêndio, cujo combate chegou a mobilizar 220 operacionais, 65 viaturas e um meio aéreo, de acordo com a Autoridade Nacional de Proteção Civil, e obrigou ao corte da circulação automóvel no IC6 -- via que liga o IP3 à Estrada da Beira (N17) -- durante cerca de oito horas, foi dominado pelas 03:30 de hoje.

O detido vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e eventual aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, adianta a Polícia Judiciária.

Pastor detido por suspeita de fogo posto em Chaves

A Polícia Judiciária de Vila Real anunciou hoje a detenção de um pastor de 39 anos suspeito de ter ateado quatro incêndios florestais no concelho de Chaves.

O detido, informou a PJ em comunicado, está "fortemente indiciado pela prática do crime de incêndio florestal".

O pastor é suspeito da autoria de quatro fogos que deflagraram entre 28 de julho e 05 de agosto numa freguesia do concelho de Chaves, distrito de Vila Real, e que "consumiram diversas áreas de floresta", colocando "em perigo grandes manchas florestais, constituídas por mato e diverso tecido arbóreo de valor elevado".

Segundo a polícia, estas áreas "apenas não foram consumidas devido à rápida deteção e intervenção dos bombeiros".

O homem, que foi detido por elementos da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, vai ser presente a interrogatório judicial para eventual aplicação de medidas de coação.

A agência Lusa tentou obter mais informação junto da PJ de Vila Real, que não se mostrou disponível para prestar declarações.

Lusa

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • As polémicas do primeiro mês de Donald Trump como Presidente
    3:17
  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.