sicnot

Perfil

País

Candidatura de Sampaio da Nóvoa diz que apoio do PS "é fundamental para o êxito"

A candidatura de António Sampaio da Nóvoa à Presidência da República disse hoje que o candidato "sempre deixou claro que o apoio do PS e dos socialistas era fundamental para o êxito" eleitoral.

Lusa/Arquivo

Lusa/Arquivo

FERNANDO VELUDO

Comentando declarações do líder socialista, numa entrevista à revista Visão, João Serra, membro da Comissão Política da Candidatura de Sampaio da Nóvoa afirma, em comunicado enviado à Lusa, que "as declarações de hoje do Secretário-Geral do PS confirmam as intenções e objetivos da candidatura presidencial de António Sampaio da Nóvoa: uma candidatura que une em vez de dividir, potencia a dinâmica do campo democrático e não a diminui".

Na entrevista, publicada hoje pela revista, António Costa reafirma que "já há um candidato assumido e próximo da família socialista" e que esse é António Sampaio da Nóvoa.

"Uma pessoa pela qual tenho muita estima. E não o revejo na caricatura esquerdista com que tem sido apresentado", disse, referindo-se a Sampaio da Nóvoa.

Relativamente à hipótese da candidatura da antiga ministra da Saúde e ex-presidente do PS Maria de Belém, o secretário-geral socialista diz apenas que "o PS se orgulha muito da sua pluralidade".

"Acho incompreensível que, numa eleição por natureza proposta por cidadãos e que apela aos princípios da cidadania, se defenda que só têm direito a candidatar-se os nascidos e criados nas estruturas partidárias (...), quando a Presidência da República deve ser, por excelência, o espaço da cidadania", responde o secretário-geral do PS à entrevista da Visão.

Na entrevista diz também que sobre as presidenciais "O PS tomará uma decisão no momento próprio".

Nesta entrevista, o secretário-geral do PS pediu desculpa pelo episódio dos cartazes com fotografias não autorizadas, que levou à demissão do diretor da campanha eleitoral para as eleições legislativas de 04 de outubro.

"O episódio dos cartazes tratou-se de uma sucessão de equívocos, um caso lamentável e, por isso, pedimos desculpa", afirma António Costa, sendo esta a primeira vez que o líder socialista se referiu a esta polémica.

Na entrevista, em que são abordados diversos temas, entre os quais os europeus, António Costa, que é o cabeça de lista pelo círculo de Lisboa às próximas eleições legislativas, adianta que Portugal deve ter "um membro do Governo exclusivamente dedicado aos assuntos europeus com estatuto superior a secretário de Estado".

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.