sicnot

Perfil

País

Candidatura de Sampaio da Nóvoa diz que apoio do PS "é fundamental para o êxito"

A candidatura de António Sampaio da Nóvoa à Presidência da República disse hoje que o candidato "sempre deixou claro que o apoio do PS e dos socialistas era fundamental para o êxito" eleitoral.

Lusa/Arquivo

Lusa/Arquivo

FERNANDO VELUDO

Comentando declarações do líder socialista, numa entrevista à revista Visão, João Serra, membro da Comissão Política da Candidatura de Sampaio da Nóvoa afirma, em comunicado enviado à Lusa, que "as declarações de hoje do Secretário-Geral do PS confirmam as intenções e objetivos da candidatura presidencial de António Sampaio da Nóvoa: uma candidatura que une em vez de dividir, potencia a dinâmica do campo democrático e não a diminui".

Na entrevista, publicada hoje pela revista, António Costa reafirma que "já há um candidato assumido e próximo da família socialista" e que esse é António Sampaio da Nóvoa.

"Uma pessoa pela qual tenho muita estima. E não o revejo na caricatura esquerdista com que tem sido apresentado", disse, referindo-se a Sampaio da Nóvoa.

Relativamente à hipótese da candidatura da antiga ministra da Saúde e ex-presidente do PS Maria de Belém, o secretário-geral socialista diz apenas que "o PS se orgulha muito da sua pluralidade".

"Acho incompreensível que, numa eleição por natureza proposta por cidadãos e que apela aos princípios da cidadania, se defenda que só têm direito a candidatar-se os nascidos e criados nas estruturas partidárias (...), quando a Presidência da República deve ser, por excelência, o espaço da cidadania", responde o secretário-geral do PS à entrevista da Visão.

Na entrevista diz também que sobre as presidenciais "O PS tomará uma decisão no momento próprio".

Nesta entrevista, o secretário-geral do PS pediu desculpa pelo episódio dos cartazes com fotografias não autorizadas, que levou à demissão do diretor da campanha eleitoral para as eleições legislativas de 04 de outubro.

"O episódio dos cartazes tratou-se de uma sucessão de equívocos, um caso lamentável e, por isso, pedimos desculpa", afirma António Costa, sendo esta a primeira vez que o líder socialista se referiu a esta polémica.

Na entrevista, em que são abordados diversos temas, entre os quais os europeus, António Costa, que é o cabeça de lista pelo círculo de Lisboa às próximas eleições legislativas, adianta que Portugal deve ter "um membro do Governo exclusivamente dedicado aos assuntos europeus com estatuto superior a secretário de Estado".

Lusa

  • 6 polícias feridos e 4 detidos em manifestação pela morte de português em Londres
    1:29

    Mundo

    A manifestação começou ainda durante a tarde deste domingo, na capital britânica e culminou em violência, com 6 polícias feridos, 4 pessoas detidas e a evacuação de uma das principais estações de transportes da zona leste da Londres. Os manifestantes acusam a polícia britânica de agressão na noite de 15 de junho, quando um português, de 25 anos, foi mandado parar pela polícia. O jovem acabou por morrer no hospital 5 dias depois.

  • Novo avião da TAP a lembrar o passado
    1:32
  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01

    País

    Um avião da TAP voltou a cruzar-se este domingo com um drone, enquanto se preparava para aterrar no aeroporto de Lisboa. A aproximação deu-se a 900 metros de altitude e passou muito perto da asa da aeronave. Este é o 10.º incidente com drones este ano e o 6.º este mês.

  • Os russos adoram Portugal
    2:48

    Taça das Confederações

    Os portugueses que foram à Rússia para a Taça das Confederações ficaram surpreendidos pela forma calorosa com que todos foram recebidos. Cristiano Ronaldo é o grande responsável por esta paixão pelo nosso país.

    Enviados SIC

  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11

    Mundo

    Um barco de turismo naufragou na Colômbia, ontem à tarde. A bordo estavam cerca de 170 passageiros. Há pelo menos seis mortos confirmados e 28 pessoas continuam desaparecidas. O barco afundou-se ao largo de uma barragem, perante o olhar incrédulo de dezenas de pessoas.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.