sicnot

Perfil

País

PSP detém em Lisboa homem procurado por autoridades do Reino Unido

Um homem de nacionalidade estrangeira procurado pelas autoridades do Reino Unido foi detido na sexta-feira na estação do Metro do Oriente, em Lisboa, para cumprimento de mandado internacional, anunciou hoje a Polícia de Segurança Pública (PSP).

Francisco Seco

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP adianta, em comunicado, que o homem, de 29 anos, foi detido cerca das 10:30 por elementos da Divisão de Segurança a Transportes Públicos "em virtude de pender sobre si um pedido de extradição por parte do Reino Unido".

"A PSP teve notícia de que naquela estação estaria um homem sem título de transporte válido e sem identificação, pelo que, por solicitação da equipa de fiscalização do Metro de Lisboa, se deslocou para o local", refere no comunicado.

Tendo em conta a nacionalidade estrangeira e a possibilidade de o suspeito se encontrar em situação ilegal no país, os agentes levaram-no à esquadra para identificação.

Depois de contactar o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), a PSP apurou que o homem estava em situação ilegal no país e que pendia sobre ele mandado internacional.

"O detido foi transportado às salas de detenção do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa para ser presente durante a manhã de hoje no Tribunal da Relação de Lisboa", adianta o comunicado, que não especifica a nacionalidade do detido.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.