sicnot

Perfil

País

GNR distribui folhetos com riscos de condução sob efeito do álcool

A GNR realiza hoje uma ação de sensibilização e informação sobre os riscos da condução automóvel sob efeito do álcool, com a distribuição de folhetos em centros de saúde, hospitais, bombas de gasolina e estabelecimentos comerciais.

(SIC/ Arquivo)

(SIC/ Arquivo)

A campanha, dirigida aos condutores, vai decorrer em vários pontos do país e inclui a distribuição, por parte dos militares, de cerca de 400 mil folhetos com a mensagem "1 em cada 3 condutores mortos em acidentes de viação conduzia com uma taxa ilegal de álcool no sangue", informou a GNR em comunicado.

A iniciativa "A decisão de quem o leva a casa é sua" conta com o apoio da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e realiza-se em locais de grande concentração de pessoas, como centros de saúde, hospitais, bombas de gasolina, estabelecimentos comerciais e juntas de freguesia.

Em Mafra, no Parque da Praia da Foz do Lizandro, os militares da GNR serão auxiliados por um grupo de crianças.

Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • S. João do Porto sem balões
    2:36

    País

    No Porto, milhares de pessoas foram para a rua festejar o São João. Este ano houve tolerância zero no lançamento de balões, por causa do risco de incêndio. O fogo de artifício começou com mais de 15 minutos de atraso.

  • Mais de 100 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.