sicnot

Perfil

País

DGS recomenda repelentes e redes mosquiteiras contra vírus do Nilo

Depois de detetado um caso de infeção por vírus do Nilo num homem residente no Algarve, as autoridades alertam para a prevenção.

apesar do vírus do Nilo não se transmitir de pessoa para pessoa, a picada de mosquito infetado pode provocar doenças febris tanto em humanos como animais. (Arquivo)

apesar do vírus do Nilo não se transmitir de pessoa para pessoa, a picada de mosquito infetado pode provocar doenças febris tanto em humanos como animais. (Arquivo)

© China Stringer Network / Reuters

O aviso é da Direção-Geral de Saúde (DGS), que recomenda a população a usar repelentes e redes contra mosquitos, isto porque, apesar do vírus do Nilo não se transmitir de pessoa para pessoa, a picada de mosquito infetado pode provocar doenças febris tanto em humanos como animais.

A DGS acrescenta que o caso de infeção registado no Algarve está controlado e que as instituições de Saúde vão continuar a acompanhar a situação e a receber amostras para laboratório.

  • Cessar-fogo violado na Síria
    1:37
  • Chuva regressa nos próximos dias
    1:30
  • Luso-canadiana quer atingir os 7 cumes mais altos dos 7 continentes
    2:08