sicnot

Perfil

País

DGS recomenda repelentes e redes mosquiteiras contra vírus do Nilo

Depois de detetado um caso de infeção por vírus do Nilo num homem residente no Algarve, as autoridades alertam para a prevenção.

apesar do vírus do Nilo não se transmitir de pessoa para pessoa, a picada de mosquito infetado pode provocar doenças febris tanto em humanos como animais. (Arquivo)

apesar do vírus do Nilo não se transmitir de pessoa para pessoa, a picada de mosquito infetado pode provocar doenças febris tanto em humanos como animais. (Arquivo)

© China Stringer Network / Reuters

O aviso é da Direção-Geral de Saúde (DGS), que recomenda a população a usar repelentes e redes contra mosquitos, isto porque, apesar do vírus do Nilo não se transmitir de pessoa para pessoa, a picada de mosquito infetado pode provocar doenças febris tanto em humanos como animais.

A DGS acrescenta que o caso de infeção registado no Algarve está controlado e que as instituições de Saúde vão continuar a acompanhar a situação e a receber amostras para laboratório.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47