sicnot

Perfil

País

DGS recomenda repelentes e redes mosquiteiras contra vírus do Nilo

Depois de detetado um caso de infeção por vírus do Nilo num homem residente no Algarve, as autoridades alertam para a prevenção.

apesar do vírus do Nilo não se transmitir de pessoa para pessoa, a picada de mosquito infetado pode provocar doenças febris tanto em humanos como animais. (Arquivo)

apesar do vírus do Nilo não se transmitir de pessoa para pessoa, a picada de mosquito infetado pode provocar doenças febris tanto em humanos como animais. (Arquivo)

© China Stringer Network / Reuters

O aviso é da Direção-Geral de Saúde (DGS), que recomenda a população a usar repelentes e redes contra mosquitos, isto porque, apesar do vírus do Nilo não se transmitir de pessoa para pessoa, a picada de mosquito infetado pode provocar doenças febris tanto em humanos como animais.

A DGS acrescenta que o caso de infeção registado no Algarve está controlado e que as instituições de Saúde vão continuar a acompanhar a situação e a receber amostras para laboratório.

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Já há destinos esgotados para o Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.