sicnot

Perfil

País

Chuva forte corta estradas e provoca inundações nos Açores

Os Açores foram afetados pelo mau tempo, durante a madrugada. Até esta manhã, os grupos central e oriental estiveram em aviso vermelho por causa da chuva forte. O bombeiros foram chamados a 32 ocorrências na Terceira e em São Miguel. Várias estradas ficaram cortadas e algumas casas foram inundadas. Três pessoas foram assistidas por hipotermia. Esta manhã, a chuva abrandou e as equipas estão no terreno a ajudar as populações.

Rui Caria/SIC

Rui Caria/SIC

Os grupos central (Graciosa, S. Jorge, Faial, Pico e Terceira) e oriental (S. Miguel e Santa Maria) estiveram sob aviso vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, desde as 01:00 (02:00 em Lisboa) e até às 08:00 locais (09:00 no continente) devido à previsão de precipitação forte.

Em declarações à agência Lusa, Barbara Castelo, responsável do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, adiantou que no início da noite e durante a madrugada de hoje registaram-se 32 ocorrências de pequena dimensão nas ilhas Terceira (grupo central) e S. Miguel (grupo oriental).

"Na ilha terceira houve registo de inundações e obstruções da via publica devido a problemas com esgotos e bueiros que foram rapidamente resolvidos. Em S. Miguel, a maior incidência foi nos concelhos de Nordeste e Povoação", adiantou.

Segundo Barbara Castelo, no Nordeste, algumas estradas ficaram interrompidas e duas habitações ficaram inundadas devido ao transbordo de ribeiras.

"Na zona da Pedreira , concelho do Nordeste, houve uma situação mais complicada com arrastamento de troncos para a via pública e uma habitação ficou danificada. No entanto, não há registo de vítimas, tivemos apenas três pessoas que entraram em hipotermia e pelos seus próprios meios ao centro de saúde e foram assistidas", contou.

A responsável indicou também que no concelho da Povoação algumas estradas ficaram inacessíveis.

"De momento já não chove e as equipas estão no local a ajudar as populações. A acompanhar a situação estão elementos da proteção civil, câmaras municipais, assistentes sociais e da Direção Regional das Floresta", sublinhou.

Além dos grupos central e oriental, também o ocidental (ilhas do Corvo e Flores) esteve sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, também devido à chuva forte entre as 01:00 e as 08:00 de hoje.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou também todo o arquipélago dos Açores sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de trovoada.

O aviso vermelho é o mais grave de uma escala de quatro e é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação meteorológica de risco extremo.

De acordo com o IPMA, o aviso laranja é o segundo mais grave numa escala de quatro e implica uma situação meteorológica de risco moderado a elevado.

Já o aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades que dependem do estado do tempo.

Com Lusa

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • Duas opções do círculo mais próximo de António Costa
    1:41
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • Tondela corta relações institucionais com Belenenses

    Desporto

    O Tondela anunciou esta quinta-feira o corte de relações institucionais com o Belenenses, que vai defrontar no domingo para a nona jornada da I Liga de futebol, na sequência do diferendo pelo não adiamento do jogo devido aos incêndios.

  • SC Braga recebe o Ludogorets
    2:03

    Liga Europa

    O Sporting de Braga recebe hoje o Ludogorets. Abel Ferreira destaca a capacidade física e ofensiva do adversário e quer um Braga a jogar com intensidade para vencer o atual campeão da Bulgária.