sicnot

Perfil

País

Cidadãos contra Acordo Ortográfico apelam à participação em manifestação sábado

O grupo de "Cidadãos contra o Acordo Ortográfico de 1990" apelou hoje à participação da população na manifestação "apartidária e em defesa da língua portuguesa" marcada para sábado, às 14:30, no Largo do Chiado, em Lisboa.

© Christian Hartmann / Reuters

Depois da concentração, segue-se um desfile, às 15:00, em direção à Assembleia da República, indicou à agência Lusa Artur Magalhães Mateus, porta-voz da comissão executiva da iniciativa que tem como finalidade promover um referendo sobre o Acordo Ortográfico.

"O objetivo é dar visibilidade ao ativismo contra o Acordo, e alertar as forças políticas de que a iniciativa existe e que deve ser viabilizada", defendeu o responsável.

A manifestação está a ser divulgada através das redes sociais e é da responsabilidade do grupo do facebook "Cidadãos contra o "Acordo Ortográfico" de 1990" criado há dois anos na internet e que defende a realização de um referendo, para o qual já recolheu 15 mil assinaturas, indicou o porta-voz.

Segundo o responsável, "quando for concluída a recolha de 75 mil assinaturas em papel, terá de haver obrigatoriamente uma votação da iniciativa no parlamento".

"Queremos que os cidadãos sejam finalmente ouvidos nesta matéria. A língua portuguesa não pertence aos que estão dentro dos gabinetes a tomar decisões para a alterar. Pertence a todos, sobretudo à população", sustentou.

O grupo que promove a manifestação, afirma Artur Magalhães Mateus, está convicto de que será fácil conseguir a totalidade das assinaturas porque "os estudos já desenvolvidos revelam que mais de 85% dos portugueses são totalmente contra o Acordo".

Indicou ainda que durante a manifestação serão recolhidas assinaturas para a iniciativa do referendo.

Lusa

  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.