sicnot

Perfil

País

4 mortos e 4 feridos em colisão com carroça em Castro Verde

4 mortos e 4 feridos em colisão com carroça em Castro Verde

Quatro pessoas morreram, entre as quais duas crianças, e quatro ficaram feridas numa colisão entre dois veículos ligeiros e uma carroça, perto de Castro Verde. O ferido mais grave é um bebé, que foi transportado de helicóptero para Lisboa, como contou o comandante dos Bombeiros de Castro Verde, Vítor Antunes , ao repórter da SIC Luís Godinho.

O alerta para o acidente, que ocorreu na Estrada Nacional 2, perto de Castro Verde, no distrito de Beja, foi dado às 19:59.

Os mortos são uma mulher e um homem, com idades entre 40 e 50 anos e duas crianças, um menino de 10 anos e uma menina de sete.

O ferido grave é um bebé do sexo masculino, de 10 meses, que foi transportado de helicóptero, para o hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Os outros feridos, uma menina de 14 anos, foi transportada para o hospital de Beja e os outros dois receberam assistência no local e foram encaminhados para a esquadra da GNR em Castro Verde.

Fonte da GNR indicou à Lusa que no veículo de tração animal seguiam seis pessoas, tendo morrido quatro e duas sofreram ferimentos, uma das quais o bebé, com gravidade.

Os condutores dos veículos ligeiros de passageiros, dois homens, um de 66 anos e outro de 74, de nacionalidade suíça, sofreram ferimentos leves.

Com Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras