sicnot

Perfil

País

Radão em excesso em 65% das escolas avaliadas no distrito em Bragança

Radão em excesso em 65% das escolas avaliadas no distrito em Bragança

Um estudo realizado pela Faculdade de Engenharia do Porto detetou gás radioativo, dióxido de carbono e poeiras poluentes em creches e escolas do Norte do País. A situação mais preocupante verifica-se no distrito de Bragança onde o radão, em excesso, foi identificado em 65% das escolas avaliadas.

  • Níveis elevados de CO2 em creches e escolas do Porto e Bragança aumentam asma infantil

    País

    Mais de 50% das salas de creches, jardins-de-infância e escolas primárias do Porto e Bragança têm níveis de concentração de dióxido de carbono acima dos limiares legislados, aumentando a probabilidade dos bebés e crianças contraírem asma. A conclusão faz parte de uma investigação dirigida pela Universidade do Porto. O estudo identificou ainda concentrações de radão, um gás radioativo natural e cancerígeno. A Fenprof já reagiu e defende um "plano de diagnóstico".

  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Obama encurta pena de delatora do Wikileaks
    1:45
  • Putin sai em defesa de Trump
    2:29

    Mundo

    Vladimir Putin já saiu em defesa de Donald Trump e diz que houve uma tentativa de minar o Presidente eleito dos Estados Unidos, através de um alegado relatório, atribuido à espionagem russa. Putin diz que o relatório é falso.