sicnot

Perfil

País

Detetado caso de meningite em infantário de Viana do Castelo

Uma criança com cerca de 4 anos, que frequenta um infantário da cidade de Viana do Castelo, está internada no hospital local com meningite, tendo sido acionadas todas as medidas preventivas, disse esta sexta-feira à Lusa o diretor daquela unidade.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Harrison McClary / Reuters

Em declarações à agência Lusa, o diretor da Unidade Local de Saúde do Alto Minho(ULSAM), Frankelin Ramos, adiantou que "há fortes suspeitas de que se trate de um caso de meningite bacteriana", e avançou que a criança, internada desde quinta-feira no serviço de pediatria do hospital de Santa Luzia, "se encontra em estado estável".

"Face a esta situação, o serviço de Saúde Pública tomou todas as medidas preventivas junto de todas as crianças que terão contactado com ela", explicou.

A criança internada frequenta uma das estruturas do Lar de Santa Teresa, que acolhe cerca de 31 crianças e jovens, dos 5 aos 23 anos.

Além da área de acolhimento de raparigas, a instituição, fundada em 1877, dispõe, no mesmo local, de várias estruturas, entre elas uma creche e jardim-de-infância, lar para idosos, entre outras respostas sociais, empregando cerca de 93 funcionários.

O diretor da ULSAM sublinhou "a rapidez de ação" do serviço de Saúde Pública" ao tomar todas as medidas protocoladas para estes casos".

"Apesar de ainda não dispor dos resultados finais das análises efetuadas à criança que se encontra internada o Serviço de Saúde Pública nem sequer correu risco e avançou com as medidas preventivas", frisou.

O hospital de Santa Luzia serve cerca de 244 mil pessoas dos dez concelhos do distrito de Viana do Castelo, e algumas populações vizinhas do distrito de Braga.

A ULSAM inclui o Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, o Hospital Conde de Bertiandos, em Ponte de Lima e, 13 centros de saúde espalhados pelo Alto Minho.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Votações sobre o mapa judiciário geram tensão no Parlamento
    2:01

    País

    O momento das votações no Parlamento ficou marcado por alguma tensão. Depois de aprovadas, em comissão, as alterações ao mapa judiciário, o PSD opôs-se a que o diploma fosse votado em plenário, uma vez que não fazia parte da versão inicial do guião de votações. A esquerda acusou os sociais-democratas de terem motivações estritamente políticas e não regimentais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.