sicnot

Perfil

País

Detetado caso de meningite em infantário de Viana do Castelo

Uma criança com cerca de 4 anos, que frequenta um infantário da cidade de Viana do Castelo, está internada no hospital local com meningite, tendo sido acionadas todas as medidas preventivas, disse esta sexta-feira à Lusa o diretor daquela unidade.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Harrison McClary / Reuters

Em declarações à agência Lusa, o diretor da Unidade Local de Saúde do Alto Minho(ULSAM), Frankelin Ramos, adiantou que "há fortes suspeitas de que se trate de um caso de meningite bacteriana", e avançou que a criança, internada desde quinta-feira no serviço de pediatria do hospital de Santa Luzia, "se encontra em estado estável".

"Face a esta situação, o serviço de Saúde Pública tomou todas as medidas preventivas junto de todas as crianças que terão contactado com ela", explicou.

A criança internada frequenta uma das estruturas do Lar de Santa Teresa, que acolhe cerca de 31 crianças e jovens, dos 5 aos 23 anos.

Além da área de acolhimento de raparigas, a instituição, fundada em 1877, dispõe, no mesmo local, de várias estruturas, entre elas uma creche e jardim-de-infância, lar para idosos, entre outras respostas sociais, empregando cerca de 93 funcionários.

O diretor da ULSAM sublinhou "a rapidez de ação" do serviço de Saúde Pública" ao tomar todas as medidas protocoladas para estes casos".

"Apesar de ainda não dispor dos resultados finais das análises efetuadas à criança que se encontra internada o Serviço de Saúde Pública nem sequer correu risco e avançou com as medidas preventivas", frisou.

O hospital de Santa Luzia serve cerca de 244 mil pessoas dos dez concelhos do distrito de Viana do Castelo, e algumas populações vizinhas do distrito de Braga.

A ULSAM inclui o Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, o Hospital Conde de Bertiandos, em Ponte de Lima e, 13 centros de saúde espalhados pelo Alto Minho.

Lusa

  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.