sicnot

Perfil

País

PS venceu eleições intercalares para freguesia de Riachos, Torres Novas

O Partido Socialista venceu este domingo as eleições intercalares para a Assembleia de Freguesia de Riachos, no concelho de Torres Novas, distrito de Santarém, elegendo cinco dos nove elementos deste órgão.

Cerca de 40% dos 4528 eleitores inscritos na freguesia de Riachos não votaram, num escrutínio em que decorreu igualmente a votação para as eleições legislativas.

Cerca de 40% dos 4528 eleitores inscritos na freguesia de Riachos não votaram, num escrutínio em que decorreu igualmente a votação para as eleições legislativas.

MIGUEL A. LOPES / Lusa

A lista encabeçada por José Júlio Ferreira conquistou 1.344 votos, seguindo-se a candidatura do Bloco de Esquerda, liderada por João Luz, com 721 votos e três eleitos, e a CDU, que, com 413 votos, elegeu Carina Fernandes.

Cerca de 40% dos 4.528 eleitores inscritos na freguesia de Riachos não votaram, num escrutínio em que decorreu igualmente a votação para as eleições legislativas.

A eleição intercalar para os órgãos da freguesia foi provocada pela renúncia de mandato da totalidade dos membros da lista mais votada em 2013, do GRUPPO (Grupo de Riachenses Unidos pelo Povo), que não voltou a candidatar-se.

Segunda maior freguesia das dez que integram o concelho de Torres Novas, no distrito de Santarém, Riachos (cuja sede é a única vila do concelho) tinha 5.247 habitantes nos censos de 2011, contando com 4.528 eleitores inscritos.

O presidente da Junta de Freguesia eleito em 2013, Alexandre Simas, disse à Lusa que na origem da sua demissão, seguida da renúncia de todos os elementos da sua lista, esteve o relacionamento difícil com a Câmara Municipal de Torres Novas, de maioria socialista.

O executivo da Junta de Freguesia que resultar da assembleia hoje eleita cumprirá o tempo que falta de mandato, até às eleições de 2017.

Além da freguesia de Riachos, também os eleitores de Fajozes, no concelho de Vila do Conde, distrito do Porto, foram hoje chamados a votar para o órgão autárquico.

Lusa

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.