sicnot

Perfil

País

Três aviões divergiram da Madeira para outros aeroportos devido ao mau tempo

Três aviões divergiram este domingo para outros aeroportos devido às más condições atmosféricas no aeroporto da Madeira, disse uma fonte aeroportuária.

O arquipélago da Madeira está sob aviso amarelo para vento forte, precipitação e agitação marítima que se prolongam até segunda-feira. (Arquivo)

O arquipélago da Madeira está sob aviso amarelo para vento forte, precipitação e agitação marítima que se prolongam até segunda-feira. (Arquivo)

© Ilya Naymushin / Reuters

Um Transavia que vinha do Porto acabou por rumar para a ilha do Porto Santo onde aguarda melhores condições de tempo.

Um avião da EasyJet, de Lisboa, e um da British Airways, de Londres, tentaram aterrar, mas voltaram para Lisboa e cancelaram o voo.

A situação aconteceu pelas 16:00 horas, tendo, entretanto, já aterrado outras aeronaves aproveitando situaçoes de "abertura" no tempo.

O arquipélago da Madeira está sob aviso amarelo para vento forte, precipitação e agitação marítima que se prolongam até segunda-feira.

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.