sicnot

Perfil

País

Quatro distritos sob aviso laranja devido ao mau tempo

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real e Porto estão hoje sob aviso laranja devido à previsão de chuva forte, trovoada e rajadas de vento fortes, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Dylan Martinez / Reuters

De acordo com o IPMA, os quatro distritos da costa norte portuguesa ficaram sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, desde as 7:00 e até às 15:00, uma vez que estão previstos períodos de chuva forte acompanhada de trovoada e rajadas de vento forte que podem chegar aos 130 quilómetros/hora.

A partir das 15:00 de hoje, Viana do Castelo, Braga, Vila Real e Porto passam a ficar sob aviso amarelo dado a melhoria das condições atmosféricas, embora haja a necessidade de vigilância.

De acordo com o IPMA, o aviso laranja é o segundo mais grave de uma escala de quatro e refere-se a uma situação meteorológica "de risco moderado a elevado", enquanto o amarelo refere-se a uma "situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica".

Dez outros distritos do continente estão hoje sob aviso amarelo igualmente devido à previsão de chuva e vento forte, entre as 7:00 de hoje e as 00:00 de terça-feira.

Aveiro, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Lisboa, Santarém, Setúbal e Viseu são os distritos sob aviso amarelo devido à previsão de períodos de chuva forte passando a regime de aguaceiros a partir da tarde que poderão ser forte e acompanhados de trovoada.

Estes distritos estão também sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 90/110 quilómetros por hora nas terras altas.

O IPMA prevê para hoje nas regiões do norte e centro céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes, e que poderão ser acompanhados de trovoada e de rajadas.

Está também previsto vento moderado de sul, soprando forte no litoral, com rajadas da ordem de 90 quilómetros por hora a norte do cabo Raso, e forte a muito forte, com rajadas da ordem de 100/110 quilómetros por hora nas terras altas, enfraquecendo para o final do dia.

A previsão aponta ainda para neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais, pequena subida da temperatura mínima na região norte e descida da máxima.

No sul prevê-se céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes até ao final da manhã, e que poderão ser acompanhados de trovoada e de rajadas.

Está também previsto vento moderado de sul, soprando moderado a forte no litoral, com rajadas da ordem de 65/70 quilómetros por hora no litoral oeste, e forte, com rajadas até 90 quilómetros por hora nas terras altas, enfraquecendo para o final do dia, neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e pequena descida da temperatura máxima.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 20 e 23 graus Celsius, no Porto entre 18 e 20, em Viana do Castelo entre 17 e 20, em Vila Real entre 16 e 20, em Bragança entre 14 e 19, em Viseu entre 15 e 19, na Guarda entre 13 e 16, em Castelo Branco entre 16 e 20, em Santarém entre 19 e 23, em Évora entre 17 e 24, em Beja entre 20 e 24 e em Faro entre 20 e 23.

  • Avião da Qatar Airways aterrou na Base das Lajes devido a emergência médica

    País

    Três passageiros de um voo da companhia aérea Qatar Airways, que teve de aterrar este domingo na Terceira, nos Açores, foram assistidos no Hospital de Santo Espírito, naquela ilha. Fonte da Proteção Civil dos Açores disse que se tratou "de uma aterragem de emergência médica", depois de um passageiro se ter "sentido mal", após "alguma turbulência".

  • O último adeus a Fidel Castro
    1:59

    Fidel Castro 1926-2016

    O funeral de Fidel Castro realiza-se hoje em Santiago de Cuba, berço da revolução, numa cerimónia que encerra os nove dias de luto decretados após a morte do ex-Presidente a 25 de novembro, aos 90 anos.

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.