sicnot

Perfil

País

Buscas dos pescadores desaparecidos na Figueira da Foz vão continuar durante a noite

As buscas dos quatro pescadores desaparecidos no naufrágio de um arrastão, na terça-feira, na Figueira da Foz, vão continuar ao longo da noite de hoje, disse fonte da Autoridade Marítima.

PAULO NOVAIS

"[As buscas] vão continuar no terreno (...). Iremos continuar até todas as possibilidades estarem esgotadas", disse aos jornalistas Nuno Leitão, porta-voz da Autoridade Marítima.

Indicou que a Autoridade Marítima espera a chegada à Figueira da Foz, nas próximas horas, de uma empresa especializada em salvamentos marítimos, que vai tentar por o arrastão naufragado junto à barra a flutuar.

A intervenção da empresa passa por conseguir por a embarcação, que está virada ao contrário, com o casco à vista à tona de água, a flutuar.

"E após haver condições de segurança, os mergulhadores vão tentar entrar para poder despistar se existem pessoas dentro do arrastão ou não", disse Nuno Leitão.

A operação, frisou, pretende não só encontrar as vítimas que ainda se encontram desaparecidas como "retirar do mar as artes de pesca que, por si só, representam um perigo acrescido para a navegabilidade nesta zona".

Nas operações, que decorrem no mar e em terra nas praias adjacentes ao local do naufrágio, estão envolvidos cerca de 90 operacionais da Marinha e Autoridade Marítima, uma lancha salva vidas do Instituto de Socorros a Náufragos, um navio patrulha oceânico da Marinha e um helicóptero, para além de meios dos Bombeiros Municipais e Voluntários da Figueira da Foz, PSP e Proteção Civil Municipal.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos. Depois de um curso intensivo de português durante três meses, os jovens vão iniciar o ano letivo em vários pontos do país.

  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57