sicnot

Perfil

País

Tempestade passou mas chuva mantém-se até terça-feira

A tempestade causada pelo furacão Joaquin já passou, mas os seus efeitos vão continuar a sentir-se hoje, com chuva e trovoadas, que só devem diminuir de intensidade na terça-feira, segundo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© Rafael Marchante / Reuters

Em declarações à Lusa, a meteorologista Madalena Rodrigues explicou que a situação de hoje é "tranquila", decorrente de uma "depressão normal".

"O dia de hoje vai continuar a ser influenciado pela depressão que nos últimos dias estava localizada a noroeste do território do continente. Essa depressão vai (...) originar céu geralmente muito nublado com períodos de chuva ou aguaceiros, em especial nas regiões do norte e centro, com possibilidade de ocorrência de trovoadas durante a tarde", precisou Madalena Rodrigues.

Segunda-feira será "um dia muito parecido ao de hoje", "com períodos de chuva ou aguaceiros que por vezes podem ser fortes", mantendo-se a possibilidade de trovoadas.

Apenas na terça-feira se prevê "uma diminuição da precipitação de norte para sul, devido ao deslocamento da depressão", conclui a meteorologista.

A depressão pós-tropical corresponde a uma fase posterior da evolução do furacão Joaquin e, por isso, já não apresenta características de severidade meteorológica tipicamente associadas aos ciclones tropicais na categoria de furacão.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.