sicnot

Perfil

País

PS propôs para as 18:00 horas reunião com a coligação

O secretário-geral do PS propôs hoje aos líderes da coligação PSD/CDS que a reunião sobre soluções de Governo no novo quadro parlamentar se realize na terça-feira, pelas 18:00 horas, disse à agência Lusa fonte oficial socialista.

M\303\201RIO CRUZ

A mesma fonte adiantou porém que António Costa ainda não recebeu "informações detalhadas sobre a atualização do cenário económico" que requereu ao presidente do PSD e primeiro-ministro em exercício, Pedro Passos Coelho.

PSD e CDS-PP anunciaram hoje que fizeram chegar ao PS um "documento facilitador de um compromisso" entre as duas partes "para a governabilidade de Portugal" e aguardam que os socialistas marquem uma hora de reunião para terça-feira.

Num comunicado conjunto divulgado pelos seus gabinetes de imprensa, PSD e CDS-PP afirmam que fizeram chegar hoje, pelas 15:50, ao secretário-geral do PS, António Costa, um "Documento facilitador de um compromisso entre a Portugal à Frente e o Partido Socialista para a governabilidade de Portugal".

Sociais-democratas e centristas referem que esse documento foi enviado "na sequência do acordado na reunião do dia 09", sexta-feira, com o PS. "Ainda no respeito pelo acordado ficam os partidos da coligação a aguardar proposta de hora para a reunião entre as delegações prevista para amanhã [terça-feira]", acrescentam.

Lusa

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06