sicnot

Perfil

País

Investigadores estudam hábitos alimentares de mais de 12 mil portugueses

Os hábitos alimentares de mais de 12 mil portugueses vão ser estudados durante um ano com o objetivo de investigar as causas que limitam o acesso a uma alimentação adequada.

Reuters

"Além da recolha de informação junto de uma população representativa da população portuguesa, esta investigação pretende melhorar a saúde pública no geral", explicou à agência Lusa Helena Canhão, investigadora principal do estudo.

O projeto denominado "Saúde.Come", que recebeu 715 mil euros de um mecanismo financeiro europeu, pretende usar tecnologias como a televisão interativa ou a internet para promover hábitos alimentares saudáveis junto dos idosos e dos jovens.

Numa primeira fase, que deverá durar cerca de seis meses, os investigadores vão tentar perceber que percentagem da população portuguesa vive em insegurança alimentar, ou seja, tendo acesso limitado ou incerto a uma alimentação adequada ou ter receio de não ter comida no dia seguinte.

A insegurança alimentar pode estar ligada a fatores económicos, mas também, sobretudo no caso dos idosos, a problemas de mobilidade aliados a isolamento ou solidão que dificultem o acesso a comida saudável e adequada.

A investigação é conduzida pela Sociedade Portuguesa de Reumatologia, Nova Medical School da Universidade Nova de Lisboa, Católica Lisbon School of Business and Economics, pelo Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto e ainda por uma universidade da Noruega, país onde está a ser feito um estudo semelhante.

No total serão abrangidos cerca de 10 mil adultos portugueses e mais de 2.000 adolescentes.

Na segunda parte deste projeto, que é apresentado na quarta-feira à tarde em Lisboa, os autores vão pretender perceber de que forma as tecnologias como a internet ou a televisão interativa podem intervir na mudança de hábitos de saúde junto de idosos e de jovens.

Para a população idosa vai ser desenvolvida uma ferramenta "motivacional e educativa" que promove hábitos alimentares saudáveis e exercício físico através de uma aplicação de televisão.

Ao longo do estudo, os participantes devem ser avaliados através de consultas médicas, avaliação nutricional e de aptidão física.

Para os adolescentes vai ser criada uma plataforma online que contém inquéritos, vídeos e dicas de nutrição e será testada em 400 alunos dos 7.º e 8.º anos de uma escola do distrito de Leiria.

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.

  • "Estar na Web Summit foi dizer em empreendedorês: estamos vivos, estamos aqui!"

    Web Summit

    No seguimento da entrevista à blogger Sara Riobom, que conhecemos durante a WebSummit, trazemos a história de outro jovem português (que não trabalha sozinho) que esteve no evento, em Lisboa, a promover a sua startup. Quis o acaso e as peripécias do direto e do destino que acabasse por receber um visitante ilustre e especial no seu stand: nada mais nada menos do que o primeiro-ministro, António Costa. Recentemente estiveram no Shark Tank, onde conseguiram captar a atenção de um dos “tubarões” do programa da SIC. Mas o que queremos saber é…

    Martim Mariano