sicnot

Perfil

País

Bactéria mata oito pessoas e infeta 22 no Hospital de Gaia

Oito pessoas morreram e 22 foram infetadas no Hospital de Gaia pela bactéria Klebsiella pneumoniae muito resistente a antibióticos. Segundo o Jornal de Notícias, nos últimos dois meses, 30 doentes internados foram infetados naquele hospital.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

REUTERS/ ARQUIVO

O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho adianta, no entanto, que as oito vítimas mortais apresentavam um quadro clínico de base muito complexo e grave, pelo que a causa dos óbitos não pode ser atribuída diretamente à infeção.

Segundo a coordenadora Margarida Mota, a origem poderá ter surgido de "um doente do foro cirúrgico, com complicações pós-operatórias e com necessidade de vários esquemas de antibioterapia". A bactéria é transmissível através do contacto com fluídos ou secreções.


Após a identificação do primeiro caso, foi colocado em prática um plano de ação e reforçadas as medidas de isolamento e vigilância. Os infetados que não morreram, estão atualmente sem sintomas, mas todos internados.

O Hospital de Gaia adiantou já que, neste momento, estes doentes não se encontram nos cuidados intensivos daquela unidade hospitalar.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Chamar o médico a casa é um procedimento habitual para muitas famílias, mas chamar um enfermeiro a casa é menos comum. Uma portuguesa criou um sistema inovador no mundo em que pode chamar um enfermeiro a casa através da internet ou de uma aplicação para telemóvel com os mesmos preços em todo o país e sem mensalidades. Só paga o serviço que utilizar. O Contas Poupança foi conhecer os preços e comparar para ver se compensa.

  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29