sicnot

Perfil

País

Passos garante que não governará com o programa do PS

Passos garante que não governará com o programa do PS

As negociações entre a coligação PSD-CDS e o Partido Socialista podem ter terminado de vez. Depois do impasse na reunião de terça-feira, Pedro Passos Coelho disse esta quarta-feira que não tenciona voltar a reunir-se com António Costa. O líder do PSD diz que não faz sentido continuar as conversas enquanto o líder socialista não disser tudo o que exige e garante, desde já, que não governará com o programa do PS. No final da reunião, Costa tinha dito que não aceita que o programa do PS sirva apenas para "enfeitar a árvore de Natal do programa da coligação".

  • Reunião "absolutamente inconclusiva"
    3:05

    Novo Governo

    Passos Coelho diz que no encontro da coligação com o PS não se avançou rigorosamente nada. "A nossa reunião terminou de forma absolutamente inconclusiva, sem que do nosso lado tivesse ficado uma perceção daquilo que o PS pretende para que esta conversa possa ser consequente", disse aos jornalistas. PSD e CDS-PP estiveram reunidos durante mais de duas horas com António Costa para tentarem chegar a um entendimento quanto ao futuro governo, mas Costa considerou que as propostas levadas para a negociação eram insuficientes, cheias de lacunas e não respondem à vontade de se mudar de políticas.

  • "Não vou sujeitar o país a uma espécie de chantagem política"
    1:10

    Novo Governo

    Pedro Passos Coelho acusa o PS de chantagem política e diz mesmo que o país está refém do jogo político-partidário de António Costa. No final da reunião da concertação social, o primeiro-ministro disse ainda que não aceita governar com o programa do PS e recusou marcar novas reuniões para fazer de conta que há negociações.

  • Os diferentes cenários para o futuro governo
    2:11

    País

    Sem conclusões à vista, as negociações para formar o próximo governo estão num impasse. Há muitos cenários em cima da mesa e uma dúvida que só Cavaco Silva poderá esclarecer: o próximo primeiro-ministro vai ser Pedro Passos Coelho ou António Costa?

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.