sicnot

Perfil

País

Madeira sob aviso laranja devido à previsão de chuva e trovoadas

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou hoje de amarelo para laranja o aviso de mau tempo para o arquipélago da Madeira devido à previsão de chuva forte e trovoada.

(Arquivo AP)

(Arquivo AP)

Eric Risberg

De acordo com o instituto, o arquipélago da Madeira vai estar sob aviso laranja entre as 12:00 e as 20:59 de hoje devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoadas.

O aviso laranja é o segundo mais grave de uma escala de quatro e refere-se a uma situação meteorológica "de risco moderado a elevado".

O IPMA prevê para hoje na Madeira céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, que poderão ser por vezes fortes e acompanhados de trovoada a partir do meio da manhã.

Está também previsto vento moderado a forte do quadrante sul, com rajadas da ordem de 60 quilómetros por hora, soprando forte com rajadas até aos 80 quilómetros por hora nas terras altas a partir do final da manhã e pequena subida da temperatura mínima.

As temperaturas no Funchal vão oscilar entre os 19 e os 25 graus Celsius.

Lusa

  • "Nos últimos 14 anos alertámos que este dia iria voltar"
    3:50

    País

    O vice-presidente da Câmara de Mação diz que se sente humilhado com o recurso a meios espanhóis para o combate ao fogo no concelho. Em entrevista à SIC, António Louro, que é também engenheiro florestal, critica os vários governos e afirma que nada disto teria acontecido se tivessem ouvido os apelos desesperados da autarquia depois do incêndio que, em 2003, destruiu grande parte do concelho.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • André Ventura rejeita acusações de xenofobia
    1:27

    País

    O candidato do PSD à Câmara de Loures diz que tocou num tema que as pessoas queriam discutir. Entrevistado na SIC Notícias, André Ventura insiste que as declarações que fez sobre a comunidade cigana não são xenófobas ou racistas.

  • Rajoy nega conhecimento de financiamentos ilegais no PP

    Mundo

    O primeiro-ministro espanhol negou hoje ter conhecimento de um esquema ilegal de financiamento, que envolve vários responsáveis do Partido Popular (PP, direita), que lidera. Durante uma audição no tribunal, Mariano Rajoy garantiu ainda que não aceitou nenhum pagamento ilícito.