sicnot

Perfil

País

Aviso laranja para quatro distritos de Portugal continental devido a ventos fortes

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje sob aviso laranja devido a vento forte os distritos de Leiria, Santarém, Lisboa e Setúbal. Segundo o IPMA, o aviso vai estar em vigor entre as 09:00 e as 15:00 de sábado para aqueles quatro distritos devido à previsão de vento forte com rajadas que podem chegar aos 90 quilómetros/horas e aos 120 quilómetros/horas nas terras altas.

© Miguel Vidal / Reuters

O aviso laranja é emitido devido a uma situação meteorológica de risco moderado e elevado e é aconselhado às pessoas para se manterem ao corrente da evolução das condições meteorológicas e seguir as orientações da Autoridade Nacional da Proteção Civil.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) lançou hoje um aviso à população de chuva e vento forte entre sábado e segunda-feira, sobretudo no litoral, centro e sul, que poderão provocar inundações e lençóis de água.

Entre os efeitos possíveis da chuva e vento forte, a ANPC alertou para a possibilidade de cheias rápidas nas cidades, inundações por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis e inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem, danos em estruturas montadas ou suspensas, queda de ramos ou árvores, devido ao vento mais forte e piso rodoviário escorregadio com possível formação de lençóis de água.

Lusa

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.