sicnot

Perfil

País

Jovem português morre a bordo de avião entre Lisboa e Dublin

Um jovem português de 25 anos morreu a bordo de um avião que ligava Lisboa a Dublin, ao final da tarde deste domingo, estando ainda por apurar a causa da morte, disse à agência Lusa fonte da polícia irlandesa.

Cerca de 170 passageiros e tripulação foram retirados do avião e estavam, durante a noite de hoje, a ser interrogados pela polícia irlandesa sobre a morte do jovem. (Arquivo)

Cerca de 170 passageiros e tripulação foram retirados do avião e estavam, durante a noite de hoje, a ser interrogados pela polícia irlandesa sobre a morte do jovem. (Arquivo)

© Cathal McNaughton / Reuters

"O jovem é português", disse à agência Lusa Tony Connaughton, sargento da polícia irlandesa (Gardaí), acrescentando que a causa da morte está a ser investigada.

Sem saber qual era a nacionalidade do passageiro, que viajava sozinho, a informação da sua morte começou por ser divulga pela televisão pública irlandesa (RTE), que descrevia que o jovem português começou por se sentir agitado, tendo acabado por morrer a bordo de um voo da Aer Lingus, que ligava Lisboa a Dublin, obrigando o piloto a declarar uma emergência médica e a aterrar no aeroporto de Cork, pelas 17:40.

Cerca de 170 passageiros e tripulação foram retirados do avião e estavam, durante a noite de hoje, a ser interrogados pela polícia irlandesa sobre a morte do jovem.

Outro passageiro, que ficou ferido durante o voo em consequência de ter sido mordido pelo jovem, foi levado para o hospital.

A Aer Lingus confirmou à televisão irlandesa que o voo EI485 de Lisboa para Dublin foi forçado a aterrar no aeroporto de Cork devido a uma emergência médica.

Os passageiros e a tripulação vão ser transportados para Dublin de autocarro.

Lusa

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.