sicnot

Perfil

País

Portuguesa detida por tráfico de droga no mesmo voo em que morreu português

A polícia irlandesa que está a investigar a morte do português a bordo de um voo para Dublin descobriu uma mulher que suspeita também ser portuguesa e que alegadamente transportava 1,8 quilogramas de anfetaminas.

© Jon Nazca / Reuters

"Durante a investigação a este incidente, a Gardaí [polícia irlandesa] descobriu o que pensa ser 1,8 quilogramas de anfetaminas na bagagem de uma mulher com cerca de 40 anos que viajava no mesmo voo", disse hoje um porta-voz à agência Lusa.

A mulher, que a polícia pensa ser também de nacionalidade portuguesa, foi detida às 23:00 no aeroporto no âmbito da lei de tráfico de droga.

O mesmo porta-voz da polícia irlandesa confirmou que o voo em causa, entre Lisboa e Dublin, foi desviado para a cidade de Cork porque o jovem português de 25 anos "se tornou agitado", tendo sido assistido por um médico e uma enfermeira que também viajavam no avião.

Porém, o homem acabou por ser declarado morto no aeroporto às 18:40 locais [mesma hora em Lisboa].

"O corpo do homem foi levado para o Hospital da Universidade de Cork onde será realizada uma autópsia esta tarde", disse.

Um outro passageiro que foi ferido na mão, alegadamente mordido enquanto tentava segurar o jovem português, foi tratado no mesmo hospital.

Lusa

  • Souto de Moura feliz com distinção na Bienal de Arquitetura de Veneza
    1:10
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos. Depois de um curso intensivo de português durante três meses, os jovens vão iniciar o ano letivo em vários pontos do país.