sicnot

Perfil

País

SEF expulsou de Portugal cidadão condenado por diversos crimes

O SEF expulsou hoje de Portugal um cidadão estrangeiro com um longo registo criminal, nomeadamente pela prática de vários crimes de roubo agravado, que totalizaram 17 anos de prisão

SIC/Arquivo

SIC/Arquivo

A expulsão do cidadão foi feita sob escolta, adianta, em comunicado, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, sem especificar qual o país.

Segundo o SEF, o cidadão, de 41 anos, foi libertado em fevereiro do estabelecimento prisional onde cumpria cinco anos e quatro meses de prisão, tendo, na altura, inviabilizado o seu afastamento do país ao interpor uma providência cautelar, que depois foi recusada.

Em maio, foi capturado pelo SEF, mas interpôs novamente uma providência cautelar, que também foi recusada. Agora, o cidadão foi agora detetado pela PSP, que o entregou ao serviço de segurança para cumprimento da decisão de expulsão.

Desde a sua libertação até ao seu afastamento, o cidadão foi indiciado novamente pela prática de vários crimes de roubo e um crime de violação, refere ainda o comunicado do SEF.

Lusa

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.