sicnot

Perfil

País

Remoção de arrastão na Figueira da Foz suspensa devido ao mau tempo

As operações de remoção do arrastão que naufragou há três semanas à entrada da barra da Figueira da Foz foram suspensas esta terça-feira devido ao mau tempo e deverão continuar na quarta-feira, disse fonte da autoridade marítima.

No arrastão Olívia Ribau naufragado no dia 6, à entrada do porto da Figueira da Foz, seguiam sete pescadores.

No arrastão Olívia Ribau naufragado no dia 6, à entrada do porto da Figueira da Foz, seguiam sete pescadores.

PAULO NOVAIS / Lusa

Em declarações à agência Lusa, o comandante do Porto da Figueira da Foz, Silva Rocha, disse que as operações foram suspensas devido à ondulação que levou ao encerramento da barra e que impede os trabalhos naquela zona do rio Mondego, junto ao molhe sul e também no próprio molhe, onde foram instalados ganchos hidráulicos para puxar o arrastão.

Silva Rocha frisou que os ganchos "vão ser reposicionados" na quarta-feira de modo a que a embarcação seja puxada mais para perto do molhe sul, operação que decorreu, em parte, na segunda-feira, "com êxito", frisou.

Numa segunda fase, o arrastão Olívia Ribau - que continua submerso e em posição invertida, numa zona entre os molhes sul e interior sul do rio Mondego, interdita à navegação - será rodado e posto a flutuar, prevendo-se que possa vir a ser rebocado até às instalações dos Estaleiros Navais do Mondego, a montante do local onde se encontra, para ali ser reparado, indicou.

O comandante do porto disse ainda que o local onde se encontra a embarcação afundada está sinalizado com uma boia vermelha luminosa, tendo ainda sido colocadas barreiras flutuantes em redor do navio, de modo a prevenir eventuais derrames de combustível.

No arrastão Olívia Ribau naufragado no dia 6, à entrada do porto da Figueira da Foz, seguiam sete pescadores. Dois foram resgatados com vida, uma hora depois do acidente, por uma moto de água da Polícia Marítima, e cinco morreram.

Entretanto, em portaria publicada em Diário da República, o ministério da Defesa, através da Autoridade Marítima Nacional, concedeu ao agente da Polícia Marítima Carlos Santos "pelo importante serviço prestado na salvação" dos dois náufragos, a medalha de Coragem, Abnegação e Humanidade, Grande Ouro.

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07