sicnot

Perfil

País

PJ apela aos internautas que tenham cuidados redobrados para evitar cibercrime

A Polícia Judiciária (PJ) apelou hoje aos utilizadores da internet que se certifiquem primeiro se as empresas que oferecem empregos realmente existem e só depois respondam às propostas de trabalho, para evitarem ser vítimas de fraudes de 'phishing'.

© Thomas Peter / Reuters

O 'phishing' é uma fraude informática em que o criminoso se faz passar por uma instituição ou empresa para tentar convencer a vítima a divulgar dados pessoais e ficar na posse da sua palavra-passe e de números de contas bancárias.

Depois de terem acesso às contas bancárias online, os criminosos conseguem "materializar o furto", através de transferências para as suas contas, explicou o coordenador de investigação da PJ Carlos Cabreiro, que falava à Lusa a propósito do projeto PROTEUS, que visa apoiar e esclarecer as vítimas de roubo de identidade e prevenir estas situações.

O projeto, cofinanciado pela Comissão Europeia, foi desenvolvido pela APAV, em parceria com a Procuradoria-geral da República, a PJ, a Procuradoria-Geral Espanhola, a Polícia Romena e o Centro de Violência de Género de Parnu (Estónia), e será apresentado no seminário "PROTEUS - Furto de identidade online: prevenção, combate e apoio à vítima", que decorre na quinta e sexta-feira, no auditório da PJ, em Lisboa.

"O roubo de identidade é um termo de essência policial e que pretende abarcar um conjunto de situações em que as pessoas perdem o acesso a locais onde é preciso uma credenciação" (bancos online, redes sociais, plataformas onde seja necessário uma autenticação com 'username' e 'password'), porque foram "subtraídas desta informação" e alguém passou a atuar em nome delas, explicou Carlos Cabreiro.

Apesar de não ter dados atualizado sobre as denúncias destes crimes, o investigador disse que têm vindo a aumentar nas várias vertentes, quer ao nível do 'phishing', do roubo de identidades, roubo de palavra-chave, de perfis e de acesso às contas online.

"Tudo isto é um escalar de situações, porque pode envolver também a extorsão e a devassa da vida privada, com base na informação privilegiada que se tem de uma determinada pessoa", sublinhou.

Um das técnicas utilizadas pelos criminosos é a "engenharia social": "Não estamos a falar de uma prática evidentemente técnica", mas de "uma prática em que alguém convence outro" a fornecer-lhes dados confidenciais.

Outro método que utilizam para terem acesso a credenciais de outras pessoas é o "acesso ilegítimo a equipamentos informáticos".

"Se no primeiro [engenharia social] não é exigido muitos conhecimentos técnicos, no segundo já estamos a falar de alguma tecnicidade", disse Carlos Cabreiro.

Perante esta realidade, a PJ alerta que deve haver uma "preocupação constante" das pessoas em perceber se estão a ser aliciados para uma atividade ilícita.

"Se, por exemplo, alguém está a ser contactado para fornecer determinados dados, se está a receber alguma proposta de emprego a vítima tem de certificar-se se está a falar com alguém que existe fisicamente", explicou.

Para isso, deve utilizar todos os mecanismos, além da internet, que permitam perceber se a entidade existe, como verificar se tem contacto telefónico e se este "é válido e coincide com o contacto dado por e-mail".

Para Carlos Cabreiro, o desafio para combater estes crimes "é encurtar um passo" que existe entre a recolha de prova e as práticas usadas pelos criminosos, tendo por base algumas especificidades do crime, como a transnacionalidade.

Lusa

  • O dia em que Marcelo apitou um jogo de futebol

    País

    Habituado a ajuizar os momentos de tensão entre Governo e oposição, Marcelo Rebelo de Sousa foi esta quarta-feira árbitro, literalmente. Tudo aconteceu num jogo de futebol entre crianças, durante a visita do Presidente da República a São Tomé e Príncipe.

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Débito direto: não deixe que lhe tirem centenas de euros da conta
    7:11
  • Mais de 300 mortos em bombardeamentos de Bashar a Ghouta
    3:08

    Mundo

    Nos últimos três dias morreram mais de 300 civis, incluindo crianças, em Ghouta Oriental, na Síria. Alemanha e França exigem uma trégua imediata para que sejam retirados os civis, e António Guterres pede um cessar fogo de um mês. Alertamos para a violência de algumas imagens.

  • Imprensa espanhola considera Rúben Semedo a pior contratação de sempre do Villarreal
    3:35

    Desporto

    Rúben Semedo vai esta quinta-feira ser ouvido por um juiz de instrução, que vai ditar as medidas de coação no caso em que o jogador é suspeito de roubo, agressões e posse ilegal de arma. O defesa português do Villarreal passa mais uma noite nas instalações da Guardia Civil, em Valência. Alguns media espanhóis chamam-lhe agora a pior contratação de sempre da história do clube.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Novos protestos na Florida contra a lei das armas
    2:12
  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.